Tamanho do texto

Aprenda a dizer não, pois o desejo de agradar a todos pode resultar em responsabilidades sem nexo ou que você não seja qualificado para fazer

Brasil Econômico

De acordo com o último balanço divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), o desemprego ainda atinge 13,3 milhões de pessoas. E como alternativa a desocupação, pessoas têm migrado para o freelancer.

Leia também: Quer abrir um negócio e fugir das franquias convencionais? Confira a lista

Freelancer, trabalho, computador, digitando, trabalhando
shutterstock
Freelancer, trabalho, computador, digitando, trabalhando

Muitas desvantagens são identificadas na atividade freelancer , porém é necessário enxergar também o lado positivo da modalidade, e a primeira delas é valorizar o trabalho proposto e estabelecer o seu preço para o cliente. Confira essa e outras dicas que a comunidade de profissionais, WeLancer, elencou para quem está pensando em seguir a vida de freelancer. Confira:

1.     Valorize o seu trabalho

Tenha sempre em mente um valor mínimo para determinado tipo de serviço e, caso o interessado em contratá-lo oferece um valor abaixo, não aceite, mesmo que seja um iniciante na área. A valorização da sua aparência também é essencial para que seja apresentado como um profissional sério, ou seja, pontualidade e vestimenta adequada para a ocasião é essencial.

2.     Não tente agradar todo mundo

Aprenda a dizer não, pois o desejo de agradar a todos pode resultar em responsabilidades sem nexo ou que você não seja qualificado para fazer.

Leia também: Líder inclusivo: saiba como incentivar a diversidade no ambiente de trabalho

3.     Avalie cuidadosamente os orçamentos

Comece apenas a trabalhar depois de ter recebido parte do combinado, por segurança. E caso o cliente diga que prefere acertar apenas após ter certeza de que você é capacitado, mostre portfolios e garanta que o projeto dele terá tanta qualidade quanto os apresentados. Além disso, passe seus orçamentos por escrito, e avalie cuidadosamente para que os seus custos e lucro sejam cobertos.

4.     Lembre-se sempre de seus clientes

Mesmo depois de entregar os primeiros trabalhos, mantenha contato com sua clientela mandando e-mails e ligue para saber como estão ou se precisam de alguma coisa. Visitas regulares também são bem vistas para mostrar novidades da área. Toda essa postura passa segurança e credibilidade, além da possibilidade de futuras indicações.

5.     Procure aprender com seus erros

Estouro de prazo, gafes e perda de clientes podem acontecem em algum ponto da sua carreira. E quando isso acontecer, aprenda as lições para que você se torne um freelancer preparado e não erre nas próximas vezes. O aprendizado é constante.

Leia também: Feedback deve ser produtivo e engajar a equipe; veja como isso é possível

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas