Tamanho do texto

Consumidor tem o poder de alterar teor alcoólico, o IBU (amargor) e a coloração da cerveja (baseando-se na quantidade de malte); confira como

Brasil Econômico

É amante de cervejas? Prefere marcas mais amargas ou de coloração mais escura? Que tal “fabricar” a sua própria cerveja e encomendar a sua customização por meio de um aplicativo para cervejeiros profissionais? Conheça o Beer Hack App .

Leia também: Super Nintendo Classic Edition deverá ser lançado no Brasil em breve

Para utilizar o Beer Hack App é necessário ter um Android ou iOS. Após o download gratuito do aplicativo, o usuário deve fazer um cadastro com login e senha
Divulgação
Para utilizar o Beer Hack App é necessário ter um Android ou iOS. Após o download gratuito do aplicativo, o usuário deve fazer um cadastro com login e senha

A ideia do aplicativo da Cervejaria Pratinha, com sede em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, é promover a busca pelos melhores sabores. “É um projeto inédito no País e desconheço que haja algo semelhante no mundo. Dessa forma, interagimos com nossos consumidores e passamos a conhecer melhor seus gostos e preferências, além de provar na prática nossa vocação para aperfeiçoar as receitas”, comenta o diretor da Pratinha, José Virgilio Braghetto.

Leia também: Sócio de restaurante dá a melhor resposta após post preconceituoso de cliente

Como funciona

Para utilizar o Beer Hack App é necessário ter um Android ou iOS. Após o download gratuito, o usuário deve fazer um cadastro com login e senha. Ao conseguir o acesso, a pessoa poderá alterar o teor alcoólico, o IBU (amargor) e a coloração da cerveja (baseando-se na quantidade de malte). Com a customização finalizada, o usuário poderá enviar os dados selecionados pela própria plataforma.

Mas não pense que é só isso. O sabor que você customizar será encaminhado para uma sessão de votos na própria plataforma. E somente os mais votados – ao final de um determinado período – irão para venda. A Pratinha destaca que todos os usuários que colaboraram da produção das cervejas vencedoras receberão um aviso de que o sabor estará disponível para venda por tempo limitado.

Leia também: Empresários aumentam faturamento com venda de cerveja artesanal da África do Sul

Limites

Vale destacar que todos os parâmetros – teor alcoólico, IBU e coloração – definidos pelo Beer Judge Certification Program (BJCP) serão respeitados pela Cervejaria Pratinha, ou seja, há limites estipulados para cada tipo de cerveja que não podem ser ultrapassados.

Fundada em 2013, a companhia conta com técnicas de produção que utiliza algas e aquecimento solar, além de uma centrífuga que substitui o filtro usado normalmente para tornar a cerveja cristalina.  Ficou curioso? Não deixe de baixar o aplicativo e fabricar a própria cerveja.

    Leia tudo sobre: aplicativo

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.