Tamanho do texto

Para especialista em RH, questões como o ambiente de trabalho e as chances de crescimento profissional devem ser avaliadas antes da troca de emprego

Para escolher um novo emprego é importante avaliar além do salário, diz especialista em RH
istock
Para escolher um novo emprego é importante avaliar além do salário, diz especialista em RH

Antigamente era muito comum que as pessoas construíssem carreiras e se fixassem em uma ou duas empresas ao longo de suas vidas. Entretanto, nos dias atuais, um profissional geralmente presta serviços para seis a oito estabelecimentos diferentes durante sua trajetória. Os trabalhadores se apegam menos às instituições e se aventuram mais facilmente com novas propostas de emprego, avaliando somente o salário e os benefícios, o que pode causar arrependimento e até demissões .

Leia também: Receita libera programa para  declaração de Imposto de Propriedade Rural

Para ajudar o trabalhador a refletir sobre esta decisão, o especialista em recursos humanos e CEO da empresa de treinamentos corporativos à distância Woli, Wagner Oliveira, listou cinco perguntas a se fazer antes de aceitar ou não uma nova proposta de emprego .

1- Por que está considerando uma nova oportunidade de trabalho?

Quando se avalia uma nova oportunidade de trabalho é por que algo não está nos satisfazendo no local em que estamos atualmente. Por isso, entender exatamente o que não está certo é importante. Pode ser a distância, o salário, a carga horário ou até mesmo o ambiente da empresa. Essa primeira análise é necessária para não fazer uma escolha precipitada e acabar adentrando um lugar com os mesmos problemas do anterior.

2- É possível mudar sua situação na empresa atual e evitar a troca?

Muitas vezes mudar de uma área para outra, ou mudar de equipe e carga horária podem resolver a demanda e evitar que o profissional deixe a empresa em que trabalha. Ficar na entidade geralmente apresenta um risco menor, uma vez que o funcionário já conhece o clima, a estrutura e a cultura organizacional do local.

Leia também: Meta fiscal: Meirelles diz que mudanças serão anunciadas na quarta-feira

3- A nova instituição pode cumprir com o que prometeu?

É frequente um profissional sair para ganhar um salário maior e depois de poucos meses descobrir que a empresa não pode cumprir o combinado. Outro acontecimento comum é o ambiente da empresa não ser dos melhores, o que coloca o novo funcionário em uma situação desconfortável. Para o especialista é interessante que o trabalhador busque informações sólidas com funcionários e ex-funcionários. Assim, poderá ter noção se o local é ético e tem potencial crescente.

4- Onde está a maior possibilidade de crescimento?

Veja os dois lados da moeda. Pode ser que você esteja em uma empresa menor, tendo chances maiores e mais rápidas de crescimento profissional se comparada a uma multinacional. Em estruturas maiores seu salário para o cargo atual pode ser mais alto, porém é possível que demore mais para ser promovido ou para subir de cargo.

5- Como é o ambiente de trabalho?

Não avalie apenas a questão financeira na hora de escolher um novo emprego.  O ambiente de trabalho é de extrema importância para que se mantenha motivado. Com isso, procure conhecer sobre esta nova companhia, além de observar como tratam seus colaboradores no cotidiano e como se relacionam entre si. Vale até mesmo buscar informações sobre seu futuro chefe. 

Leia também: Investimento: Saia do comum e aposte nos títulos privados