Tamanho do texto

Entre os municípios que se beneficiarão com a liberação estão 12 capitais do País; um dos objetivos da Anatel é incluir digitalmente classes C, D e E

Brasil Econômico

Nesta sexta-feira (7) a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), vinculada ao Ministério das Comunicações, divulgou uma liberação que vai impactar mais de 156 cidades do País. A medida, de licenciamento de estações do serviço de telefonia móvel na faixa de 700 MHz, permitirá que futuramente o sinal analógico de televisão seja desligado nas localidades para a implantação do sinal digital.

Leia também: Última fase de saque do FGTS inativo começa neste sábado em agências da Caixa

Um dos objetivos da Anatel é incluir digitalmente a população das classes C, D e E, confira
shutterstock
Um dos objetivos da Anatel é incluir digitalmente a população das classes C, D e E, confira

Além disso, o trabalho feito no âmbito do Grupo de Implantação do Processo de Redistribuição e Digitalização de Canais de TV e RTV (Gired) permitirá que a população dessas cidades utilize a internet móvel da quarta geração 4G. Entre os municípios que se beneficiarão com a liberação da Anatel estão 12 capitais do País: Aracaju/SE, Boa Vista/RR, Brasília/DF, Campo Grande/MS, Cuiabá/MT, Fortaleza/CE, Macapá/AP, Natal/RN, Palmas/TO, Recife/PE, Rio Branco/AC e Teresina/PI.

Leia também: Saiba como a inteligência artificial está simplificando o trabalho em hospitais

Antes da liberação

A fim de evitar que as indesejáveis interferências ocorram, a Anatel executa estudos de viabilidade técnica nas cidades que terão as estações na faixa de 700MHz. Após isso, o Gired e as associações representativas das empresas de radiodifusão e das prestadoras de serviços de telecomunicações vencedoras do processo licitatório da Anatel decidem se aprovam ou não a pesquisa da Agência.

Depois da aprovação, a Entidade Administradora do Processo de Redistribuição e Digitalização de Canais de TV e RTV começa a fazer análises preventivas de mitigação de eventuais interferências, e só após esse procedimento que a Agência Nacional de Telecomunicações libera o licenciamento das estações.

Objetivos

De acordo com a nota divulgada pela Anatel, o objetivo dessas medidas é melhorar a qualidade do sinal de televisão para a população brasileira, por meio de maior qualidade, velocidade de conexão e cobertura para o serviço de banda larga móvel pela internet 4G na faixa de 700 MHz, para que, assim a população enquadrada nas classes C, D e E sejam incluídas digitalmente.

Leia também: Inadimplência: 77% dos consumidores negativados ganham até dois salários mínimos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.