Tamanho do texto

Empresa publicou imagens de dez jovens usando biquínis e pediu para que usuários curtissem a preferida; quem tivesse mais votos ganharia o estágio

Três das participantes do concurso de biquínis promovido pela usina nuclear
Reprodução
Três das participantes do concurso de biquínis promovido pela usina nuclear

A Infocentrum JE Temelín, uma usina nuclear da República Tcheca, causou polêmica ao divulgar um processo seletivo controverso: a companhia realizou um concurso de fotos em que as candidatas precisariam posar de biquíni, e a garota que recebesse mais curtidas, ficaria com a vaga e seria a nova estagiária.

Leia também: Conheça seis ferramentas de marketing para impulsionar o seu negócio

Segundo informações da CNN, a empresa publicou imagens de dez jovens usando biquínis e capacetes de segurança em sua página do Facebook. Na publicação, a usina nuclear  explicava que a estudante que obtivese o maior número de curtidas receberia o título de "Miss Energia 2017", além de ter a oportunidade de estagiar na empresa durante duas semanas.

"A combinação de beleza e indústrias de meio-ambiente dão um resultado interessante", disse a Infocentrum no post. Depois de receber muitas críticas em um período curto de tempo, a empresa preferiu apagar a publicação.

Leia também: Crise faz serviço temporário ser visto como esperança para profissionais

De acordo com Petra Havlíková, advogada em direitos humanos da ONG Nesehnutí, em entrevista ao site Aktualne.cz, "a competição está absolutamente fora dos limites da ética". "Em 2017, acho incrível que alguém possa obter vantagem profissional pela aparência", afirmou a advogada.

O pedido de desculpas pelo acontecido veio apenas dois dias depois: "O propósito da competição era promover educação tecnológica. Mas, se causou dúvidas ou preocupações, nós pedimos desculpas". A empresa afirmou que a ação se tratava de um dos vários programas culturais que a Infocentrum patrocina. Além disso, a companhia disse que acabou oferecendo a vaga para as dez concorrentes que estavam disputando o concurso.

Leia também: Veja dicas de como garantir o sucesso da sua fonte de renda extra

Apesar do pedido de desculpas e mesmo após o post ter sido deletado, ainda é possível econtrar uma série de comentários negativos na página da empresa . "Isso não se trata de ser liberal, conservador, feminista ou quem quer que seja. Sério, se você acha que um estágio no campo de engenharia deve ser dado à pessoa mais bonita, você é um completo idiota", disse a usuária Karolina Karolak na sessão de comentários da página da usina nuclear.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.