Tamanho do texto

Feirão da Casa Própria reúne, em único lugar, milhares de ofertas de imóveis e a opção de financiamento; em Salvador, movimento foi 204,55% mais alto

Feirão da Casa Própria, encerrado no domingo (25), aconteceu em 14 cidades do Brasil
Rodrigo de Oliveira/Agência Caixa de Notícias
Feirão da Casa Própria, encerrado no domingo (25), aconteceu em 14 cidades do Brasil

O Feirão da Casa Própria 2017 movimentou R$ 13,1 bilhões, valor 27,2% superior ao do ano passado. Organizado pela Caixa Econômica Federal , o feirão aconteceu em duas rodadas, totalizando 14 cidades, e teve encerramento neste domingo (25). No evento, foram realizados ou encaminhados um total de 65.711 negócios, crescimento de 13,8% em relação à edição anterior.

Leia também: Dívida pública tem aumento e chega a R$ 3,25 trilhões em maio

Feito em parceria com diversas construtoras, correspondentes imobiliários e imobiliárias, o Feirão da Casa Própria reúne, em único lugar, milhares de ofertas de imóveis e a opção de financiamento. O Feirão em São Paulo registrou o maior número de negócios realizados ou encaminhados, assim movimentando também o maior valor, de R$ 3,2 bilhões. Salvador e Curitiba ficam empatados na segunda posição, tendo movimentadoR$ 1,5 bilhão cada.

Na comparação com 2016, o maior crescimento em relação a 2016 foi registrado na cidade de Salvador. O montante de R$ 1,5 bilhão que foi movimentado representa um acréscimo de 204,55% em relação aos reusultados do ano passado.

Leia também: Emprego na indústria recua em maio mesmo com alta na produção, diz CNI

A primeira rodada do feirão aconteceu entre os dias 26 a 28 de maio e foram realizados ou encaminhados 51.436 negócios, movimentando R$ 10,2 bilhões nas cidades de São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Campinas (SP), Belém (PA), Florianópolis (SC), Porto Alegre (RS), Belo Horizonte (MG), Recife (PE), Salvador (BA), Goiânia (GO) e Uberlândia (MG). Foram 191.071 visitantes.

Já a segunda rodada acontece de 23 a 25 de junho e movimentou R$ 2,9 bilhões. O feirão ocorreu nas cidades de Brasília (DF), Fortaleza (CE) e Curitiba (PR). Foram recebidos 42.975 visitantes e realizados ou encaminhados 14.275 negócios . Quem busca o crédito para a casa própria no feirão precisa levar documento de identidade e CPF, além de comprovante de renda e de residência atualizados.

Leia também: Confiança do Consumidor recua 1,9 ponto em junho, diz FGV

Regularização de dívidas

Além da divulgação dos resultados relativos ao Feirão da Casa Própria, a Caixa Econômica Federal iniciou nesta segunda-feira (26), no estado do Rio de Janeiro, a ação Limpa Nome, buscando estimular e facilitar a regularização de dívidas por pessoas físicas e jurídicas. Segundo informações do banco, as dívidas – incluindo contratos comerciais e habitacionais e cartões de crédito em atraso – poderão ser pagas à vista ou renegociadas em até 96 meses.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas