Tamanho do texto

Trabalhadores com carteira assinada devem retirar o dinheiro em uma agência da Caixa; para servidores públicos, pagamento é feito no BB

Trabalhadores com carteira assinada devem sacar o abono na Caixa; para servidores, operação é feita no BB
Arquivo/Agência Brasil
Trabalhadores com carteira assinada devem sacar o abono na Caixa; para servidores, operação é feita no BB

Trabalhadores e servidores públicos que tenham cumprido ao menos 30 dias de trabalho no ano de 2015 têm até esta sexta-feira (30) para sacar o abono salarial do PIS (Programa de Integração Social) e do Pasep (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público). Caso o valor não seja sacado por quem de direito até o prazo final, será destinado ao FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador).

Leia também: Receita Federal pede atenção para envio de falsas intimações pelos Correios

A retirada do abono salarial tem de ser feita em uma agência do Banco do Brasil ou da Caixa Econômica Federal. Mais de R$ 1,083 bilhão estão disponíveis para retirada. Cada trabalhador ou servidor público pode ter até R$ 937 a receber, o valor de um salário mínimo. No entanto, 1,83 milhão de pessoas ainda não foram reclamar os recursos.

Têm direito ao benefício, que é distribuído anualmente, os trabalhadores inscritos nos programas há pelo menos cinco anos, e que tenham trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias no ano de referência, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos. É necessário ainda que os trabalhadores tenham tido seus dados informados corretamente pelo empregador na Rais (Relação Anual de Informações Sociais).

Leia também: Funcionária demitida por conta da idade recebe indenização de R$ 80 mil

A Caixa é responsável pelo pagamento do PIS a trabalhadores com carteira assinada, enquanto o Banco do Brasil disponibiliza o Pasep a servidores públicos.

Balanço atualizado

De acordo com a Caixa, até a última quinta-feira (22), cerca de 1,5 milhão de trabalhadores ainda não tinham sacado R$ 770,1 milhões em benefícios. Também até o fim do mesmo dia, segundo o Banco do Brasil, 330 mil pessoas ainda não haviam sacado R$ 313,7 milhões.

Para sacar o PIS, o trabalhador que tiver Cartão Cidadão e senha cadastrada pode se dirigir aos terminais de autoatendimento da Caixa ou a uma casa lotérica. Caso não tenha o cartão, pode receber o valor em uma agência da Caixa apresentando documento de identificação. Informações podem ser obtidas por meio do telefone 0800 726 0227.

Leia também: Governo estuda usar o FGTS no lugar do seguro-desemprego

Os servidores públicos que têm direito ao abono do Pasep devem verificar se houve depósito em conta. Caso isso não ocorra, devem procurar uma agência do Banco do Brasil e apresentar um documento de identificação. Mais informações podem ser obtidas pelo número 0800 729 0001.


* Com informações da Agência Brasil

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas