Tamanho do texto

A partir das 6h30 desta quinta-feira (1) no Distrito Federal já foi possível abastecer o veículo com gasolina a R$ 2,14 o litro; confira outras ações

Brasileiros do Distrito Federal (DF) e de 11 estados poderão adquirir até 80% de desconto nas redes de comércio e serviços nesta quinta-feira (1). A razão pela grande diminuição dos preços para o consumidor é a 9ª edição do Dia da Liberdade de Impostos (DLI), organizado pela Câmara de Dirigentes Lojistas Jovem (CDL Jovem).

Leia também: Pesquisa aponta que quatro em cada dez brasileiros compram por impulso

Consumidor poderá aproveitar a 9ª edição do Dia da Liberdade de Impostos
Divulgação/ACSP
Consumidor poderá aproveitar a 9ª edição do Dia da Liberdade de Impostos

A coordenadora da CDL Jovem do Ceará, Fabiana Lucas, aponta que o objetivo da campanha não é criticar negativamente o pagamento de impostos, e sim reivindicar um sistema simplificado e a conversão dos recursos arrecadados em benefícios para o consumidor em geral.

“A mobilização que existe é para que a gente tenha esse imposto devolvido com os benefícios justos. Que isso seja revertido em segurança, escola. No Brasil, a gente paga mais impostos do que em muitos países desenvolvidos sem que a população tenha essa contrapartida”, avalia.

Leia também: PIB cresce 1% no primeiro trimestre do ano após oito quedas consecutivas

Reforma Tributária

Fabiana Lucas aponta que a CDL enxerga positivamente a Reforma Tributária discutida na Câmara dos Deputados. Vale ressaltar que em 2015 foi instalada uma comissão especial para debater o assunto, que ficou suspensa por seis meses no ano passado e voltou à ativa apenas em outubro do mesmo ano. A expectativa é que a comissão volte aos debates no mês de agosto.

Na visão do pesquisador da Universidade de Brasília (UnB), José Matias-Pereira, a Reforma apenas será efetiva caso haja transformações estruturais significativas. O também especialista na área de finanças públicas diz que na verdade o que se deve discutir são os impostos indiretos que a população paga por meio de seu consumo. “Os países desenvolvidos avançam muito mais na cobrança de impostos diretos. Aqui, você tributa muito mais sobre o consumo e os impostos diretos você alivia”. Com isso, Matias-Pereira pondera que as pessoas de menor renda é que acabam sendo as mais oneradas.

Ao consumidor

A partir das 6h30 desta quinta-feira no DF já foi possível abastecer o veículo com gasolina a R$ 2,14 na Asa Norte, Asa Sul e Taguatinga. A rede disponibilizou 45 mil litros sem o valor de imposto . Cada cliente tem direito a abastecer até 20 litros.

Outra boa oportunidade que os clientes poderão aproveitar é a compra de um Peugeot 208, o carro regularmente vendido por R$ 52.290 terá uma unidade disponível por R$ 37.319,38. Para adquirir o veículo, a pessoa interessada deverá estar em um dos postos participantes acompanhando o impostômetro que será pausado assim que acabar o estoque de gasolina. O participante que der o palpite mais próximo do placar final poderá comprar o carro zero km.

A transportadora CargoX também é uma das empresas engajadas na causa, a transportadora irá conceder 21% de desconto aos primeiros 21 transportes fechados no dia. O CEO da CargoX, Federico Vega diz que a intenção é fazer com que as contratantes sintam grande alívio no preço do serviço, e com isso mostrar como as taxas altas desaceleram o desenvolvimento do mercado.

Os outros estados participantes que beneficiarão o consumidor são o Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Pernambuco, Rio de Janeiro, Santa Catarina e o Rio Grande Sul.

Leia também: Taxa Selic cai para 10,25% ao ano e chega ao menor nível desde janeiro de 2014

* Com informações da Agência Brasil

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.