Tamanho do texto

Investimentos em marketing, publicidade e estudo da concorrência: confira cinco passos para desenvolver um e-commerce e uma gestão de sucesso

Brasil Econômico

De acordo com empreendedor, investimento em publicidade é fundamental para o sucesso do e-commerce
shutterstock
De acordo com empreendedor, investimento em publicidade é fundamental para o sucesso do e-commerce

No ano passado, o comércio eletrônico ou e-commerce foi um dos poucos setores a evoluir,  ao registrar um crescimento de 11%. O bom desempenho foi principalmente devido aos preços competitivos e ao mercado de smartphones, que promoveu a inserção de novos consumidores nos meios digitais. Por outro lado, 190 mil lojas físicas fecharam as portas, o que evidencia uma demora na modernização dos meios de vendas dos varejistas.

Leia também: Entenda o que são as fintechs e conheça as principais startups do setor no País

“Empreendedores criam um negócio no comércio eletrônico, no mesmo setor em que atuam no varejo físico e, pouco tempo depois, quebram porque não entenderam a essência desse mercado”, afirma o varejista, empreendedor e criador do E-commerce na Prática.com, Bruno de Oliveira.

Com isso, o empreendedor separou cinco dicas para aqueles que desejam abrir uma loja virtual de sucesso, separando o lucro do prejuízo.

1 - Estude a concorrência

Segundo Oliveira, o know-how do varejista precisa ser adaptado, uma vez que esse conhecimento prévio pode ser vantajoso para captar bons resultados. Além disso, ressalta a necessidade de estudar e pesquisar o meio digital seja através de cursos gratuitos ou por meio de uma análise da concorrência.

“Elabore uma pequena lista com uns cinco concorrentes do mercado e examine minuciosamente cada etapa da operação deles”.

2 – Seja visível nas ferramentas de busca

Agora não será mais necessário a preocupação com um ponto fixo de vendas, entretanto, é importante se atentar no posicionamento de seus produtos em buscadores e nas redes sociais , se tornando visível e investindo financeiramente já que nem tudo na internet é gratuito.

 “Vender online requer processos diferentes do mundo físico, é preciso investir constantemente em publicidade”, explica.

Leia também: Veja como sair do comum e ajudar os clientes no comércio eletrônico

3 - Redefina a logística

Repensar a logística, como será executada a entrega e onde se localizará o estoque dos produtos, são fatores consideráveis para o desenvolvimento do negócio. Nesta etapa, pontos como prazos de entrega, custo de frete, o funcionamento das políticas de troca e devolução também podem ser elaborados.

“Todas essas rotinas precisam estar pré-determinadas. Nada deve ser feito no improviso. No Brasil, nove em cada dez e-commerces usam os Correios para transportar os seus produtos”, ressalta.

4 – Aposte em produtos vendáveis

É importante salientar que alguns produtos serão os destaques do negócio. Por isso, crie páginas para os melhores itens, com mais informações, imagens, vídeos, palavras-chave e se possível, atestado de qualidade.

5 - Invista em marketing

Como em qualquer outro projeto, a gestão é algo fundamental para o desenvolvimento no mercado, sendo o investimento em marketing essencial. “Investir em marketing é fundamental para qualquer negócio, principalmente um negócio na internet. Apesar das vantagens que existem no e-commerce, essa jornada está longe de ser fácil”, conclui o empreendedor.

Leia também: Veja dicas para melhorar o ambiente de trabalho e aumentar a produtividade