Tamanho do texto

Nova aplicação internacional atraído pela 99, desta vez feita pela SoftBank, acontece apenas seis meses após aporte liderado pela DiDi e pela Riverwood

Rodada de investimento fechada em R$ 200 milhões é a maior já conquistada por uma startup brasileira
shutterstock
Rodada de investimento fechada em R$ 200 milhões é a maior já conquistada por uma startup brasileira

A startup de mobildiade urbana 99 anunciou, nesta quarta-feira a assinatura de um acordo de investimento da ordem de US$ 100 milhões com a SoftBank. O valor, somado aos mais de US$ 100 milhões captados no início do ano junto à Didi Chuxing e à Riverwood, fecha esta rodada de aplicações.

Leia também: Indústria registra queda nos níveis de produção e emprego em abril, diz CNI

Segundo informações da FactSet, companhia especializada em dados do mercado financeiro, esta é a maior rodada de investimento já realizada por uma startup brasileira. Outros fundos e empresas como Monashees, Qualcomm Ventures e Tiger Global também investiram na startup, que foi aconselhada pela Lazard nessa nova transação.

A nova aplicação internacional atraída pela 99 acontece apenas seis meses após o aporte liderado pela DiDi e pela Riverwood. Com este novo capital, a empresa pretende fortalecer ainda mais o rápido crescimento do serviço de carros particulares 99 POP, com a intenção de consolidar sua liderança neste segmento no Brasil, bem como expandir por toda a América Latina.

"Vemos um grande crescimento e uma ótima perspectiva para o setor de soluções de mobilidade na América Latina. O time da 99 tem feito um progresso impressionante no Brasil, operando em mais de 400 cidades e realizando mudanças positivas na vida de milhões de usuários. Nós estamos comprometidos em apoiar líderes locais, como a 99, e esperamos ansiosamente para participar do sucesso deles a longo prazo”, disse David Thevenon, diretor executivo da Softbank.

Leia também: Caixa registra lucro líquido de R$ 1,5 bilhão no primeiro trimestre de 2017

De acordo com Peter Fernandez, CEO da 99, com todas as teceitas recebidos ao longo deste ano, a empresa tem todas as condições de atingir a meta de consolidação da liderança no mercado de transporte por aplicativos de mobilidade no Brasil e, no futuro, na América Latina.

“Desde o primeiro aporte da Didi,o serviço 99POP vem crescendo muito em número de corridas semanais. Fica claro que nossa estratégia trouxe bons resultados, e agora estamos animados em ter a Softbank na nossa carteira de investidores. Isso mostra que estamos no caminho certo, como uma forte indicação da nossa posição de liderança no crescente mercado de mobilidade urbana da região”, afirmou.

Leia também: TRT condena empresa a pagar indenização por frustrar expectativa de emprego

Para ser confirmada, a transação da SoftBank com a empresa brasileira ainda precisa passar por uma avaliação do CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) e demais autoridades relevantes.