Tamanho do texto

Segundo especialista do Itaú, pesquisar preços, entender o valor do frete e evitar parcelamentos ajudam a manter as finanças pessoais em dia; veja

Evite gastos desnecessários no Dia das Mães
shutterstock
Evite gastos desnecessários no Dia das Mães


O Dia das Mães está próximo e a compra do presente pode ser motivo de desconforto para alguns filhos. O momento atual pede cautela, mas a verdade é que certos gastos podem ser feitos de maneira mais consciente. E já que você vai precisar colocar a mão no bolso, é importante certificar-se de que o seu dinheiro será bem aplicado.

Leia também: Veja seis dicas para economizar e fazer a viagem dos sonhos

“A gestão financeira é uma habilidade fundamental para qualquer pessoa nos dias de hoje. É preciso muito planejamento e disciplina para administrar as despesas e investir no futuro”, afirma o diretor do Itaú Unibanco, Rodrigo Carneiro. “E para se organizar de forma adequada, o consumidor deve utilizar todas as alternativas à sua disposição. O cartão de crédito, por exemplo, é uma excelente ferramenta para centralizar as despesas e controlar os gastos , principalmente quando o cliente pode acompanhar os lançamentos das compras no seu cartão pelo próprio celular, como no caso do aplicativo Itaucard”, reforça o executivo.

Veja abaixo algumas das dicas do especialista para fazer um compra inteligente neste Dia das Mães:

1. Calcule o custo por uso

Antes de sair às compras, faça uma lista de itens que poderão ser realmente úteis para a sua mãe. Outra coisa importante é que o valor do presente não é o único fator a ser considerado na hora de decidir se determinado produto está com um bom preço ou não. Para chegar a essa conclusão, é preciso também estimar o custo por uso do item. Ou seja, um vestido com preço relativamente baixo pode ser um mau investimento se for utilizado apenas uma ou duas vezes pela sua mãe. Da mesma forma, um produto de valor um pouco superior pode se mostrar um bom investimento se usado com maior frequência.

2. Pesquise e compare preços

A tecnologia pode ser muito útil na hora de comparar preços. Muitas vezes o mesmo produto pode ser encontrado por valores bem diferentes em mais de uma loja. Por isso, uma boa dica é utilizar sites e aplicativos de busca durante a sua pesquisa. Procure também em dias e horários diferentes, pois a precificação dos itens costuma ser alterada com bastante frequência. Outra dica importante é pesquisar os benefícios oferecidos pelo seu cartão de crédito por meio de parceiros. Vale a pena conferir os descontos em produtos e também as ofertas promocionais que você pode aproveitar para presentear sua mãe.

Leia também: FGTS inativo: quatro dicas para usar o dinheiro com sabedoria

3. Compre com segurança

Na hora de comprar pela internet, certifique-se sempre de que você está em um site seguro. Existem também algumas ferramentas disponíveis no mercado que podem simplificar o processo e tornar a transação ainda mais segura. É o caso do cartão virtual Itaucard, ferramenta disponível no aplicativo da marca que emite um número diferente de cartão para cada compra realizada na internet. Desta forma, o cliente não precisa fornecer os dados do cartão original na hora da transação, tornando a operação ainda mais segura.

4. Leia as avaliações do produto

Tenha isso como uma regra, principalmente antes de efetuar qualquer compra de grande valor. Para evitar que você ou sua mãe se decepcionem com o produto, reúna toda informação possível sobre o mesmo. Procure em fóruns de discussão, leia os comentários nos sites e verifique também os relatórios de testes feitos por instituições, como o Inmetro, por exemplo. Com este procedimento é possível reduzir consideravelmente a possibilidade de descontentamento no pós compra.

5. Evite parcelamentos

Para não comprometer o seu orçamento futuro, evite fazer parcelamentos muito alongados. Tenha em mente que ao longo do ano haverá também outras oportunidades para presentear sua mãe, como no aniversário e Natal, por exemplo. Por isso é importante manter os pés no chão e não extrapolar nunca o valor estabelecido inicialmente. Na hora de comprar use sempre a razão, e não o coração.

6. Calcule o frete

O frete pode encarecer o produto e, de quebra, extrapolar o seu orçamento. Em muitos casos o item buscado pode até ser mais barato em uma determinada loja, mas o preço cobrado com o frete de entrega pode acabar não compensando a compra. Por isso, dê prioridade às lojas que trabalham com frete grátis. Caso tenha que pagar pelo transporte, verifique se os gastos com o frete trarão vantagem na compra.

Leia também: Veja seis dicas para economizar e fazer a viagem dos sonhos