Brasil Econômico

Veja como potencializar negócios sem gastos excessivos
iStock
Veja como potencializar negócios sem gastos excessivos

Mesmo com o País em uma fase econômica delicada, empresas de diferentes setores e portes estão potencializando seus negócios sem gerar custos absurdos que possam comprometer o resultado e o orçamento da mesma. De acordo com o diretor da consultoria saad branding+design, Lucas Saad, há diversos modos de reduzir os riscos e ajudar entidades a se destacarem no mercado.

Leia também: Cerca de 32% dos consumidores fecharam março no vermelho, diz SPC Brasil

A fim de ajudar o empreendedor nessa difícil tarefa, o especialista listou oito dicas para aqueles que já tem ou pretendem abrir ou potencializar negócios neste ano:

1.  Compreenda seu mercado

Compreenda bem seu mercado de atuação. Assim, poderá se informar sobre as tendências relacionadas ao seu setor em específico. Outra possibilidade é o auxilio que esse conhecimento trará no desenvolvimento de seu empreendimento a curto e longo prazo.

2. Conheça o seu público

Busque conhecer ao máximo os diferentes públicos que fazem parte do seu projeto ou empresa. Dessa forma, e sabendo sobre seus hábitos de consumo, comportamentos e até mesmo crenças e valores, será possível optar por decisões mais assertivas, além de oferecer um serviço mais personalizado e relevante.

3.  Faça análises

Observe e diagnostique pontos fracos e fortes da sua entidade. Tendo localizado esses pontos, cruze-os com informações sobre seu mercado e público para que possa estruturar melhor os próximos passos a serem executados, tornando os resultados mais eficazes.

Você viu?

4. Se posicione

Saiba como se posicionar, de forma a deixar nítido o principal diferencial da sua empresa. Ou seja, saiba evidenciar a maior razão pelo qual as pessoas devem contratar seus serviços e não o de concorrentes.

 Leia também: Saiba o que é compliance e qual a melhor forma de usar

5. Tenha um propósito

Estabeleça um propósito que seja de fácil entendimento e relevante socialmente falando.  De acordo com o especialista, aproximadamente nove entre 10 brasileiros preferem comprar de marcas que tenham impacto social, estando dispostos a pagar até 10% a mais pelo serviço ou produto.

6. Potencialize a comunicação

Equipare a comunicação da sua entidade. Assim, a consistência da mensagem será fundamentada e facilitada para todos os seus clientes, ajudando no alinhamento do contato e colaborando para o sucesso da marca.

7. Dialogue com os clientes

Tenha em mente que seus clientes fazem parte da construção e dos resultados da empresa. Desse modo, é de extrema importância manter uma interação ativa com eles, para que suas opiniões e sugestões possam ser ouvidas e se possível, atendidas.

8. Foque na experiência

Por fim, o especialista exalta a valia de construir uma experiência coerente, uma vez que isso pode chegar a constituir cerca de 48% do índice de fixação dos negócios. “Vivemos um período econômico delicado, mas se estivermos atentos às mudanças do mercado, e buscarmos sempre melhorar e adaptar com agilidade nossos produtos e serviços, conseguiremos enfrentar a crise com um pouco mais de tranquilidade”, afirmou Saad.

Leia também: Especialista dá dicas para evitar roubos em lojas de shopping centers

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários