Tamanho do texto

Questão foi parar na justiça norte-americana. Mais de 200 consumidoras de 40 estados dos EUA afirmam que perderam cabelo após uso dos produtos

Muitos consumidores brasileiros acham que os produtos de beleza de marcas estrangeiras tem melhor qualidade e costuma pagar fortunas por artigos importados. Porém, a marca americana Wen Hair Care, enfrenta um dos maiores problemas de imagem desde a sua fundação.  A marca está sendo processada por mais de 400 consumidoras norte-americanas após relato que o produto para cabelo estaria causando calvície. As informações são da People.

Leia também: Marcas são acusadas de vender azeite indicado ao uso industrial como alimento

Consumidores acusam a marca Wen Hair Care de criar linha que causou calvície
Reprodução Instagram
Consumidores acusam a marca Wen Hair Care de criar linha que causou calvície


O produto que tem sido alvo de críticas e ações na justiça é a linha que leva o nome de um badalado cabeleireiro, o Chaz Dean (Wen by Chaz Dean), composta por shampoo e condicionador.  A marca Wen Hair Care é renomada nos Estados Unidos e tem grandes nomes da televisão como a atriz Brooke Shields, Alyssa Milano e a atriz Angie Harmon, como embaixadoras da marca.

O caso tomou grandes proporções, tanto que mais de 200 mulheres de 40 estados norte-americanos processaram a marca. A ação, aberta de forma conjunta entre as consumidoras que apresentaram sinais de calvície após o uso do produto, é milionária. Um juiz federal dos Estados Unidos estimou a ação em US$ 26 milhões. 

A empresa tem se defendido das acusações e emitiu um comunicado oficial sobre o assunto. A Wen Hair Care, afirmou que todos os seus produtos são de excelente qualidade e que para evitar que os casos isolados tomem proporções ainda maiores, optou por fazer acordo com as consumidoras que entraram na justiça contra a marca.  “O Wen by Chaz Dean é seguro e nós continuamos a oferecer a nossas centenas de milhares de clientes os produtos que elas conhecem e amam. Como o processo judicial toma tempo e dinheiro, nós tomamos a decisão financeira de buscar um acordo financeiro com as consumidoras para que deixemos esse episódio para trás e possamos nos concentrar em entregar produtos de qualidade.”

Leia também: Cartel aumentou preço do sal no Brasil em 20% durante 30 anos, afirma Cade

Reclamações

As consumidoras que usaram a linha Wen by Chaz Dean relataram que após o uso do shampoo e do condicionador perceberam o começo da queda dos cabelos. Algumas consumidoras relataram que ao passar as mãos pelos cabelos perceberam uma quantidade de fios fora do comum, outras alegaram que “arrancaram tufos de cabelo com as mãos” após o uso dos produtos.

Outro canal de notícias a divulgar os relatos foi o site norte-americano BuzzFeed divulgou imagens do efeito negativo dos produtos em algumas consumidoras norte- americanas. Uma das consumidoras, que não teve a sua identidade informada, relatou em sua rede social se sentir envergonhada de sair de casa, uma vez que seu cabelo está cheio de falhas, além de acusar e informar que os produtos causaram o entupimento dos poros capilares, o que resultou em calvície em determinados pontos da cabeça.

“Eu preciso de ajuda, eu não sei o que fazer, estou frustrada e esgotada. Eu choro quando olho no espelho e uso um boné quando saio de caso. Isso é um recado para todos: não use a linha Wen Hair Care”, escreveu uma delas em seu perfil.

Leia também: Após polêmica com a PF, JBS comete gafe ao lançar comercial