Tamanho do texto

Pesquisa do SPC Brasil e da CNDL aponta que 38% dos entrevistados usarão valores para quitar dívidas; 34% farão saques para pagar contas do dia a dia

A partir da próxima sexta-feira (10), os brasileiros poderão realizar saques das contas do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) classificadas como inativas em 31 de dezembro de 2015. A estimativa do governo é de que R$ 30 bilhões de reais sejam injetados na economia brasileira. No total, 30,2 milhões de trabalhadores terão direito aos saques. A maioria deles afirma que utilizará os valores para pagar contas.

Leia também: Produção industrial retoma crescimento após 34 meses de retração

Segundo levantamento realizado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), 38% dos entrevistados pretendem realizar os saques das contas do FGTS para quitar dívidas. O pagamento de contas do dia a dia será o principal objetivo de 34% dos trabalhadores. Outros 20% afirmaram que irão guardar ou investir a quantia disponível em suas contas.

Saques do FGTS começam sexta-feira para os nascidos em janeiro e fevereiro; Caixa terá um plantão de dúvidas por mês
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Saques do FGTS começam sexta-feira para os nascidos em janeiro e fevereiro; Caixa terá um plantão de dúvidas por mês

Leia também: Confiança do consumidor paulistano registra alta de 11,3% em fevereiro

Para o presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro Junior, o acesso ao dinheiro das contas pode beneficiar principalmente os cidadãos das classes C, D e E. "A maioria das pessoas não possui um valor tão alto nas contas, mas que é bastante significativo para auxiliar nas necessidades mais urgentes. Esse dinheiro pode ajudar o cidadão afetado pela crise a limpar o nome e recuperar seu crédito", explica. "Reduzir a inadimplência traz um impacto positivo sobre a economia, o que resulta em menores taxas de juros cobradas ao consumidor".

Plantão nas agências

Neste sábado (11), funcionários de mais de 1.800 agências da Caixa estarão de plantão para tirar as dúvidas dos interessados em sacar valores existentes nas contas. O pagamento das 49,6 milhões de contas inativas seguirá um calendário específico que leva em conta o mês de aniversário do trabalhador. Trabalhadores nascidos em janeiro e fevereiro já poderão sacar os valores nos primeiros dias.

Os nascidos em março, abril ou maio receberão a partir de 10 de abril. Em 12 de maio começa a liberação dos recursos de quem nasceu em junho, julho e agosto. Os aniversariantes de setembro, outubro e novembro poderão sacar os valores a que têm direito a partir de 16 de junho. Por fim, o dinheiro dos que nasceram em dezembro será liberado a partir de julho.

Leia também: Cesta básica fica mais barata em 25 capitais em fevereiro, aponta Dieese

Por conta de uma demanda maior por informações, a Caixa decidiu abrir algumas agências aos sábados, uma vez por mês, até julho. Além do atendimento presencial, é possível ter esclarecimentos sobre os saques do FGTS na página na internet  criada pelo banco ou por meio dos telefones 0800 726 2017 ou 0800 726 0207.

* Com informações da Agência Brasil.