Tamanho do texto

Segundo o site, vaga é para as pessoas que "curtem momentos especiais em um motel, mas, além disso, sabem avaliar o serviço e as instalações"

Testador de motéis deve avaliar estabelecimentos em todo o Brasil
César Tropia – 19.12.2005
Testador de motéis deve avaliar estabelecimentos em todo o Brasil

O Guia de Motéis foi responsável por abrir a vaga de trabalho mais curiosa da semana. A empresa anunciou que estava contratando um testador de motel e o sucesso da oportunidade foi imediato: mais de 15 mil currículos foram recebidos em apenas dois dias. 

Leia também: TST suspende divulgação de lista com investigadas por trabalho escravo

De acordo com o site, esta vaga é interessante para as pessoas que "curtem momentos especiais em um motel, mas, além disso, sabem avaliar o serviço e as instalações". O trabalho consite em avaliar motéis pelo Brasil inteiro, portanto, o funcionário precisa ter disponibilidade para viajar.

“Não esperávamos receber tantos currículos em um curto espaço de tempo. Realmente, fomos pegos de surpresa”, conta Rodolfo Elsas, diretor do Guia de Motéis.

Como funciona?

O Testador de Motel vai viajar e se hospedar de forma anônima, como se hospedaria um cliente normal. Ele pode, inclusive, levar um acompanhante. Ao fazer a hospedagem, o funcionário deverá usufruir das suítes e também consumir os itens oferecidos, a fim de fazer uma avaliação detalhada dos serviços prestados por aquele motel.

Leia também: Parceria pretende estimular empresas a entrarem no mercado de exportação

Depois de encerrada a hospedagem, o funcionário deve preencher um questionário minucioso, que servirá para detalhar sua avaliação do estabelecimento. Este documento, posteriormente, deve ser entregue ao dono do motel, servindo como uma consultoria do Guia de Motéis.

Remuneração, benefícios e pré-requisitos

O salário do Testador de Motel contratado pela empresa será de R$ 2 mil por mês em um regime de contratação CLT. O funcionário vai contar com diversos benefícios, como plano odontológico, plano de saúde e vale refeição.

Para concorrer à vaga, o candidato precisa ter mais de 18 anos e ser formado – ou até mesmo estar cursando – faculdade de Turismo, Hotelaria, Administração ou Marketing. Pessoas de ambos os sexos podem se candidatar.

Leia também: Quase metade dos negócios abertos em 2016 tiveram a participação feminin a

Também é necessário que o candidato tenha carro próprio, pois será preciso usá-lo para visitar os motéis. Algumas das viagens, inclusive, devem ser feitas de carro, pois o avião é utilizado apenas para os estados mais distantes. A empresa paga o reembolso da quilometragem gasta pelo funcionário durante as visitas. Para enviar o currículo e concorrer à posição, basta clicar aqui . As inscricões vão até o dia 31 de março.