Tamanho do texto

Iniciativa faz parte da a Semana Nacional de Conciliação Trabalhista 2017 programada para o mês de maio. Veja como participar da ação do CSJT

CSJT chama reunião com empresas mais reclamadas na justiça trabalhista
Shuttersock
CSJT chama reunião com empresas mais reclamadas na justiça trabalhista


Entre 22 e 26 de maio será realizada a Semana Nacional de Conciliação Trabalhista 2017. A iniciativa tem como intuito diminuir o número de processos trabalhistas em todo o País. Uma das ações que envolvem essa semana de conciliação é a reunião que será convocada pela Vice-presidência do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT) para reunir as 100 maiores empresas litigantes do Tribunal Superior do Trabalho.

Leia também: Veja 10 direitos dos trabalhadores em caso de demissão sem justa causa

A medida do CSJT é tentar incentivar propostas de acordos por partes dessas empresas e por consequência, reduzir o acervo de processos de maneira conciliatória e dar mais celeridade aos julgamentos.

Por meio de nota, o Conselho Superior da Justiça do Trabalho informou que a agenda de encontros já foi definida e será dividida entre os setores com o maior número de ações na Justiça do Trabalho, sendo eles empresas estatais, bancos e as empresas de telefonia.  “Nosso objetivo é incentivar essas empresas a apresentarem propostas de acordos aos trabalhadores durante a Semana Nacional de Conciliação Trabalhista,” destaca o vice-presidente do CSJT, ministro Emmanoel Pereira, que coordena a Comissão Nacional de Promoção à Conciliação.

Leia também: JBS é intimada a pagar R$ 3 milhões por descumprir ordem judicial

Estão confirmadas nesta audiência de conciliação representantes da União, Petrobras, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), Telefônica Brasil, Oi, Tim Celular, entre outras.

Outras empresas 

Apesar da convocação do CSJT ser direcionada apenas aos grandes litigantes, qualquer empresa de pequeno, médio ou grande porte que tenha processo na Justiça do Trabalho pode optar pela conciliação durante a Semana Nacional de Conciliação Trabalhista.

Empresas interessadas em propor acordos devem procurar o Tribunal Regional do Trabalho da sua região, os Núcleos de Conciliação da Justiça do Trabalho ou a Vice-Presidência TST pelo e-mail conciliacao-tst@tst.jus.br.

Como funciona

Segundo o CSJT, as partes comunicam ao Tribunal onde o processo tramita a intenção de conciliar, ou seja, a vontade de fazer um acordo com o ex-colaborador. Desse modo, é marcada uma audiência e, no dia agendado, as próprias partes, perante o Juiz do Trabalho ou Desembargador, acordam a solução mais justa para ambas as partes. Confira a lista de endereços dos Núcleos de Conciliação dos TRTs.

Leia também: Reforma trabalhista não envolve aumento de jornada nem fim do 13º, diz ministro