Tamanho do texto

Cuidados com o cartão de crédito e checagem de serviços e produtos do comércio eletrônico são formas de evitar possíveis prejuízos financeiros

De acordo com especialista, não anotar senhas de cartões de crédito no celular ou entregá-lo diretamente para comerciantes é uma forma de evitar fraudes
shutterstock
De acordo com especialista, não anotar senhas de cartões de crédito no celular ou entregá-lo diretamente para comerciantes é uma forma de evitar fraudes

Com viagens planejadas para aproveitar o carnaval, muitos consumidores tendem a recorrer ao comércio eletrônico para a compra de passagens, ingressos, fantasias, entre outros itens próprios para esse período de festas. Para ajudar os foliões a garantirem a segurança de seus dados e cartões de crédito, o especialista em prevenção de fraudes da empresa Pagar.me, Heitor Garcia, deu algumas orientações para que possíveis prejuízos sejam evitados.

LEIA MAIS: Confiança do consumidor registra maior nível desde 2014, diz pesquisa da FGV

Pesquise em locais confiáveis

Não só durante o carnaval , mas para qualquer viagem que pretende fazer, busque pesquisar com calma o preço e o local que pretende se hospedar. Em relação as passagens, confira as informações no site oficial da empresa e evite comprar de terceiros. Caso não saiba como checar se o site é seguro, olhe no rodapé da página se há alguma indicação de “blindagem” e fique atento aos sites fantasmas, já que costumam  utilizar marcas e produtos para parecerem reais.

Cheque a veracidade das informações

Produtos e serviços de marcas conhecidas geralmente podem ser uma grande fonte para fraudes. Por isso, para saber se está realmente comprando o que o site anuncia, faça buscas em plataformas seguras e no site oficial da marca para verificar se a oferta é válida.

Fique atento ao cartão de crédito

Para evitar possíveis riscos de fraude, procure não entregar o seu cartão diretamente ao comerciante e assegure-se de não digitar a senha de forma com que outras pessoas possam ver. “As fraudes envolvendo falsas máquinas de cartão estão cada vez mais raras, mas, caso sinta-se inseguro, troque a forma de pagamento, ou peça uma nova máquina de cartão. Em último caso, evite a compra e siga para um próximo fornecedor”, alertou o especialista.

Cuidado com os seus pertences

Com a descontração do carnaval, muitos se esquecem de checar seus pertences e sempre mantê-los próximos. Uma recomendação feita pelo especialista é averiguar tudo o que se está levando antes de sair de casa e não fazer anotações importantes no aparelho celular.  “Deixe senhas e dados relevantes anotados em casa ou no hotel. Lembre-se que anotar no telefone pode não ajudar, já que muitas vezes o furto ou roubo do cartão também inclui o próprio celular”.

LEIA MAIS: Em 49% dos lares pelo menos uma pessoa gasta mais do que deveria, diz SPC

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.