Tamanho do texto

Justiça do trabalho chegou a proibir a abertura de algumas agências neste sábado (18), porém banco recorreu e população pode consultar o FGTS

Brasil Econômico

Caixa derruba liminar e está aberta até às 15h deste sábado (18)
Reprodução
Caixa derruba liminar e está aberta até às 15h deste sábado (18)


Após a justiça conceder liminar que proibia a abertura de agências da Caixa Econômica Federal neste final de semana, o banco conseguiu derrubar a decisão do Ministério do Trabalho. Até às 15h deste sábado (18) a população pode se dirigir as unidades selecionadas para consultar o saldo de contas inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). 

LEIA MAIS: Veja as datas para o saque das contas inativas do Fundo de Garantia

A ação para evitar a abertura das agências da Caixa no final de semana foi movida pelo Sindicato dos Bancários que argumentou que a o funcionamento fora do horário comercial não cumpria o requisito de urgência. Para o sindicato, a abertura teria que ser negociada com a categoria ou autorizada pela Justiça do Trabalho e isso não ocorreu.

No Mato Grosso, uma liminar proibiu que o banco obrigasse os funcionários a trabalharem neste sábado (18). Segundo a instituição, os empregados estão sendo convidados para o plantão e as agências do Mato Grosso devem funcionar normalmente.

Havia ainda uma liminar, concedida pela Justiça no Rio Grande do Norte, que impedia a abertura de agências no estado. Sobre essa decisão, a assessoria do banco ainda não tinha um posicionamento.

Atendimento especial

A previsão inicial  era que 1.819 agências de todo o país abrissem neste sábado (18). Além do atendimento presencial, os beneficiários do FGTS também podem tirar dúvidas pela internet ou pelo telefone 0800-726-2017. O banco também criou o aplicativo FGTS para celulares e tablets. Em todos os casos, o trabalhador deve informar o CPF e número do PIS para atendimento.

LEIA MAIS: FGTS: Veja se tem direito e como sacar o valor inativo na Caixa Econômica

A abertura das unidades foi anunciada pelo presidente da Caixa Econômica Federal, Reinaldo  Gilberto Occhi, no começo da semana passada quando o presidente da República, Michel Temer, assinou o decreto que permitiu o saque das contas inativas. Na data, Occhi afirmou que o atendimento aos sábados era para atender a demanda dos contribuintes que estão em dúvida se podem ou não sacar o dinheiro e retido e o valor do mesmo.

A Caixa Econômica Federal tinha informado que pretende abrir 1.891 agências uma vez por mês aos sábados entre fevereiro e julho em todo o país para desafogar o atendimento nas agências durante o período de saque das contas inativas do FGTS. A exceção seria abril, quando não haveria a abertura das agências aos sábados por causa dos feriados prolongados da Semana Santa e de Tiradentes.

LEIA MAIS: FGTS: especialista dá dicas para usar o dinheiro com consciência e planejamento

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.