Tamanho do texto

A partir de março, cerca de 10 milhões de trabalhadores brasileiros terão acesso ao valor que está retido na Caixa Econômica Federal; veja como sacar

Brasil Econômico

Anunciado em dezembro pelo presidente da República, Michel Temer, o saque das contas inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) terá inicio em março. Em anuncio feito nesta terça-feira (14), foi informado que mais de 30 milhões de trabalhadores serão contemplados com o benefício, sendo que a Caixa Econômica Federal tem atualmente mais de 49 milhões de contas inativas. 

LEIA MAIS: Governo passa a autorizar saque do FGTS para pagamento de dívidas

Saque das contas inativas do FGTS começa em março
USP Imagens
Saque das contas inativas do FGTS começa em março


A estimativa é que R$ 43 bilhões sejam sacados e que o dinheiro das contas inativas do FGTS seja usado para movimentar a economia brasileira . " A matéria que está sendo assinada hoje veio para atender pleitos, em-m especial das contas inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, tendo em vista a natural e evidente recessão em que estávamos. Muitas famílias endividadas, empresas endividadas e por isso o saque não só injetaria recursos na economia, como traria uma tranquilidade social", afirmou Michel Temer.

A autorização para o uso do valor foi anunciado em 15 de dezembro pelo presidente e faz parte do pacote de medidas microeconômicas para ajudar o Brasil findar a recessão econômica. Na data Michel Temer afirmou não haverá limites para o valor sacado e que o montante serviria para movimentar a economia brasileira. "Ele pode sacar por inteiro a conta inativa. Não há limite para isso", disse anteriormente.

Calendário

O calendário oficial seguirá o padrão do saque de outros benefícios como o PIS/Pasep – condicionado a data de nascimento do trabalhador. As datas prévias para ter acesso ao valor são:

Os nascidos em janeiro e fevereiro devem sacar o valor em a partir de 10 de março; nascidos em março, abril e maio terão acesso ao benefício em 10 de abril; quem faz aniversário nos meses de junho, julho e agosto sacam em 12 de maio; os nascidos em setembro, outubro e novembro podem retirar o dinheiro em 16 de junho e os nascidos em dezembro, sacam o dinheiro retido em 14 de julho. Mesmo que o trabalhador perca o prazo, ele tem direito ao saque até o dia 31 de julho. 

LEIA MAIS: FGTS: especialista dá dicas para usar o dinheiro com consciência e planejamento

Segundo o governo o dentre os trabalhadores que terão acesso ao valor retido, mais da metade tem parado na Caixa Econômica Federal cerca de R$ 500, outros 24% têm entre R4 500 e R$ 1.500 – o que representa 80% das contas inativas. O restante tem montante superior a R$ 1.500 para saque. 

Quem tem direito

Vale ressaltar que tem direito ao saque os trabalhadores com FGTS retido até dia 31 de dezembro de 2015 e a Caixa é o único canal autorizado para consulta de valores e saque os mesmos. Diversos aplicativos foram lançados para consulta, porém o banco informou que só em seus canais oficiais (site, telefone e aplicativo) o trabalhador saberá com exatidão o valor do benefício retido.

Como sacar

O trabalhador que tem direito deve ir a uma das agências da Caixa Econômica Federal para sacar o montante. Documentos como o RG, a carteira de trabalho e cartão cidadão devem ser levados ao banco. Em caso de dúvidas  sobre os documentos, a Caixa orienta o trabalhador a ligar no 0800 726 0207 ou acessar o site da instituição.  

Michel Temer afirmou durante a coletiva de imprensa que após o siter ter sido colocado no ar, milhares de brasileiros usaram o canal para consultar o benefício. "Em menos de 10 minutos que o site estava no ar já havia recebido 480 mil acesso", disse o presidente. 

O presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi, afirmou que a partir desta quarta-feira (15) as agências do banco abrem com duas horas de antecedência para atender a população. "Até sexta-feira (17) vamos abrir as agências duas horas mais cedo para dar o melhor atendimento ao trabalhador", disse durante coletiva de imprensa na manhã desta terça-feira (14). 

Occhi afirmou ainda que, no sábado (18), 1.891 agências da Caixa vão estar abertas para atender quem não pode ir consultar o saldo das contas inativas do FGTS durante essa semana. "Nosso foco, a partir de amanhã, é atender o trabalhador. No sábado vamos abrir agências das 9h às 15h para auxiliar quem não pode se informar durante a semana", enfatizou o executivo. 

LEIA MAIS: Temer anuncia pacote de medidas microeconômicas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.