Brasil Econômico

A falta de conhecimento e preparo financeiro faz com que muitos brasileiros deixem de investir dinheiro. Quando investem, a maioria não tem conhecimento das modalidades mais rentáveis. As conclusões são do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), que em pesquisa, identificaram como é a forma do brasileiro de apostar nos investimentos.

LEIA MAIS: Veja como investir no mercado financeiro e garantir sua aposentadoria

undefined
shutterstock
Poupança, renda fixa, títulos do tesouro são alguns dos investimentos disponíveis no mercado brasileiro


 A pesquisa mostra que 58% dos poupadores não sabem quais são os investimentos com as melhores taxas de retorno - percentual que aumenta para 66% entre as mulheres e 63% entre os pertencentes às classes C, D e E. Em contrapartida, 42% garantem saber os rendimentos de suas aplicações.

A poupança, mesmo sendo a aplicação menos indicada e rentável, é a com maior procura entre os brasileiros tendo sido citada na pesquisa por 61% dos respondentes. O tempo médio que o brasileiro deixa o dinheiro na poupança é de três anos tendo como valor médio acumulado no período de R$ 2.152. Para 38% dos que investem na poupança, a escolha desse investimento deve-se ao fato da flexibilidade para o uso do dinheiro guardado quando necessário.

As demais modalidades apresentam participação significativamente menor: os imóveis (18%, com queda de 10,6 pontos percentuais em relação a 2015, chegando a 34% entre os brasileiros das classes A e B), a Previdência Privada (13%, com aumento de 3,9 p.p em relação a 2015) e os Fundos de Investimento (9%, com aumento de 3,6 p.p em relação a 2015). Outros produtos também tiveram crescimento desde o último levantamento, mas ainda estão longe de ser populares, como é o caso do CDB (5%, com aumento de 3,4 p.p em relação a 2015), Bolsa de Valores (3%, com aumento de 2,8 p.p em relação a 2015) e LCI (3%, com aumento de 2,3 p.p em relação a 2015).

LEIA MAIS: Cinco motivos para você escolher por investimentos de renda fixa

Os principais investimentos dos brasileiros:

Poupança: 61% dos entrevistados que possuem investimentos tem poupança. Em média, investem a 3,6 anos, principalmente pela flexibilidade de uso quando necessário (38%). O valor médio do valor acumulado pelos entrevistados é de R$ 2.152,00; 

Imóveis: 18% dos entrevistados têm imóveis. Em média, possuem há 4 anos, principalmente pela segurança que este tipo de investimento dá (30%); 

Previdência Privada: 13% dos entrevistados possuem previdência privada. Em média, 3,5 anos, sendo que 18% por indicação do gerente do banco;

Fundo de Investimento: 9% dos entrevistados investem em fundos de investimentos e usam essa modalidade, em média, há 2,2 anos. 43% optaram por indicação do gerente de banco; 

Dólar: 6% dos entrevistados têm dólar. Possuem essas reservas há 2,8 anos, em média. 30% escolheram pela flexibilidade de uso do dinheiro quando necessário; 

CDB: 5% dos entrevistados têm investimentos em Certificado de Depósito Bancário (CDB). Em média, usam a modalidade  há 3,3 anos, feitos principalmente após pesquisa em sites especializados ou de notícias (32%). 

LEIA MAIS: Calcule como chegar a R$ 1 milhão

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários