Brasil Econômico

Balanço da produção de motos de dezembro medido pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo) apontou que foram produzidas 32.814, número esse que representa queda de 35,2% na comparação com dezembro de 2015, período em que foram feitas 50.633 unidades.

+ Após quatro quedas consecutivas, varejo tem alta de 2% nas vendas em novembro

undefined
iG Carros
Produtos de motos tem queda superior a 30% em dezembro de 2016


Diante do resultado pouco positivo em 2016, entidade espera que a indústria de motos  tenha o mesmo desempenho ao longo deste ano. “O segmento de motocicletas sofreu com as incertezas da política durante todo o ano de 2016. Diante de um mercado mais cauteloso, para 2017, o setor projeta atingir resultados semelhantes ao do ano anterior, mantendo-se estável. Além disso, a realização de eventos, como o Salão Duas Rodas, em novembro, deverá contribuir para estimular os negócios no segundo semestre”, afirmou em nota o presidente da Abraciclo, Marcos Fermanian.

A entidade sinalizou que em 11 meses a indústria montou 70,320 unidades, resultado esse que representa queda de 53,3% na produção.  A Abraciclo informou que a queda na produção é impactada pelo período de férias coletivas, habitual no mês de dezembro nas montadoras.

No acumulado do ano, o setor alcançou o menor patamar desde 2002  – quando foram produzidas 887.653 motocicletas, 29,7% a menos do que o registrado em 2015 –, quando o número chegou a 1.262.708.

+ Cerca de 55% dos MPEs investirão para aumentar vendas, diz SPC Brasil

A entidade informou também que as vendas ás concessionárias, ou seja, no atacado, somaram 56.155 unidades em dezembro, o que representa recuo de 18,9% em relação ao mesmo mês de 2015, quando foram vendidas 69.253.

No acumulado do ano passado, a Abraciclo apontou que foram comercializadas 858.120 motocicletas, índice esse com retração de 27,9% ao se comparar com o mesmo período de 2015, quando as unidades vendidas chegaram a  1.189.933.

Vendas externas

Na contramão da tendência, as vendas externas de motos somaram 6.402 unidades no 12º mês de 2016, contra 5.944 de dezembro 2015 e 3.957 em novembro, o que representa um crescimento de 7,7% e 61,8%, respectivamente. Entretanto, o desempenho dos últimos meses não foi suficiente para elevar os números. Nos 12 meses do ano passado foram exportadas 59.022 motocicletas, frente a 69.123 em 2015, correspondendo a uma queda de 14,6%.

+ Entenda como as marcas de sucesso usam o design para alavancar as vendas

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários