Tamanho do texto

Pesquisa de preços e reaproveitamento de material do ano anterior são algumas dicas do especialista em educação financeira, Reinaldo Domingos

Brasil Econômico

As ansiedades referentes à vida escolar mal foram embora, mas janeiro já está aí e é mês de volta às aulas para muita gente. Reinaldo Domingos, doutor e mestre em educação financeira, listou algumas dicas de como comprar material escolar aproveitando ao máximo o dinheiro em um dos meses mais caros do ano.

+ Quais são os países com melhor educação e o que precisamos fazer para chegar lá

Especialista sugere que pais conversem com filhos sobre a compra de material escolar
Dante Alighieri/Divulgação
Especialista sugere que pais conversem com filhos sobre a compra de material escolar

 O especialista aconselha primeiramente aos pais conversarem com os filhos, explicando a situação atual financeira da família, além de também estabelecer um orçamento para a compra de material escolar . Assim como em outras compras, Domingos determina como fundamental a pesquisa de preços entre lojas e também entre outros pais que se encontram na mesma situação. Sair com antecedências às papelarias pode ser essencial se você pretende gastar menos, uma vez que desta forma não será obrigado a pagar mais caro pelo item.

 Um dos recursos mais eficazes se encontra em avaliar se os materiais escolares usados no ano passado podem ser reutilizados. Diferentemente de um caderno, uma régua e uma borracha podem ser reaproveitadas facilmente, não é mesmo?

+ Maioria dos alunos brasileiros não entende o que lê nem acerta contas básicas

 A doação de algo que não será usado novamente também se encontra na lista. O especialista vê como imprescindível a doação de material escolar para famílias que não tem condição de comprar novos itens. Trazendo a tona também um exercício de cidadania para com os filhos. O reaproveitamento de irmão para irmão, que de repente estuda em um mesmo colégio, também é essencial para a economia de gastos.

À vista

 À luz do novo decreto divulgado pelo Presidente, Michel Temer, Reinaldo Domingos orienta o consumidor a perguntar quanto o(s) produto(s) sai(em) à vista, pois esta simples questão pode resultar em um belo desconto. Agora, se não há outro jeito, pagar a prazo é a única opção, o cliente não pode deixar de calcular se as parcelas caberão mensalmente em seu bolso.

Domingos ainda acredita que as compras de material escolar podem proporcionar um bom exercício financeiro às crianças.

+ Empresas podem cobrar valores distintos baseados no meio de pagamento

Outras possibilidades

As dicas do especialista são diretamente focadas nos pais dos alunos que pretendem comprar material escolar, mas também podem valer para jovens que já têm uma vida financeira independente e vão sozinhos às compras.  As dicas de Reinaldo Domingos,  envolvendo pesquisas e orçamentos podem ser utilizadas para mais uma infinidade de coisas, como para compra de roupas, móveis, presentes e até mesmo coisas de maior valor econômico como um automóvel ou uma casa.