Brasil Econômico

undefined
Divulgação
Especialista lista as melhores forma para empregar o 13º salário e fugir de dívidas

As empresas brasileiras têm até essa quarta-feira (30) para pagar a primeira parcela do 13º salários aos seus colabores. Com o dinheiro extra no bolso, muitos brasileiros ficam animados em comprar um celular novo, um sapato da moda e até mesmo arriscar compras de maior valor agregado e por consequência, começar 2017 com parcelas acumuladas.

+ Primeira parte de 13º salário de trabalhador doméstico deve ser paga até quarta

Mas com tantas tentações e contas, como fazer para planejar o que fazer com  o dinheiro. Para ajudar quem está em dúvida em como empregar a bonificação de final de ano, a , a especialista em educação financeira e consultora da empresa GC-5 Soluções Corporativas, Márcia Tolotti, listou cinco alternativos para o uso do 13º salário .

1. Gaste uma parte com o que quiser

Você trabalhou duro o ano todo e seria ótimo gastar o 13° para realizar alguns sonhos, certo? Mas, calma, é possível comprar supérfluos sem gastar todo o dinheiro extra. Separe 20% do seu 13° para aquele item da vitrine que há tempos vem sendo desejado, porém, não enlouqueça! 20% é o máximo do salário que deve ser gasto com esses presentes.

2. Pague contas atrasadas

Tem dívidas? Aproveite o dinheiro extra do fim do ano para sair do sufoco e pagar suas contas atrasadas ou ainda antecipar o pagamento de contas como IPVA e IPTU para garantir descontos. Isso mesmo, evite perder dinheiro em juros! A especialista recomenda que, no máximo, 40% do 13º seja utilizado para quitar dívidas.

+ INSS libera segunda parcela do 13ª aos aposentados e pensionistas

3. Compre os presentes de Natal à vista

Essa dica é ainda mais importante para quem está endividado. Se essa é a sua situação, nem pense em parcelar qualquer presente, isso pode ser uma armadilha! Márcia Tolotti explica que o ideal é fazer uma lista dos “presenteáveis” e utilizar somente 15% do décimo terceiro para esta finalidade. Use a imaginação, economize e comemore sem dívidas!

4. Guarde dinheiro para as contas do início do ano

As festas mal acabam e o início do ano já chega cheio de novas contas a serem pagas, como IPVA e IPTU. Comece com o pé direito, sem dívidas e sem dor de cabeça, reservando 15% do seu décimo terceiro para pagar essas contas.

5. Comece sua poupança

Poupar pode se tornar um hábito, o importante é dar o 1º passo. E que tal utilizar parte do 13° salário para isso? 10% do seu dinheiro extra já é uma ótima forma de começar sua poupança. Aproveite a virada de ano e comece a construir sua liberdade financeira!

+ 81% dos brasileiros devem usar 13º salário para o pagamento de dívidas

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários