Brasil Econômico

undefined
Thinkstock/Getty Images
Especialista lista quatro medidas para tornar a logística eficiente na Black Friday de 2016

A Black Friday se tornou importante data sazonal ao varejo brasileiro. Há pouco mais de cinco anos, empresários do comércio e serviços aproveitam a data para turbinar as vendas e até antecipar o volume de compras, que geralmente ocorre no Natal.

+ Confira os melhores celulares de até R$ 1.500 para comprar na Black Friday

Mais do que se preocupar em proporcionar aos consumidores descontos atrativos na Black Friday , quem não tem estoque para entregar o produto na hora e quem opera de forma  online devem se preocupar também com a entrega dos produtos.  Entre 15 de novembro a 24 de dezembro, só o segmento virtual deve movimentar R$ 8,4 bilhões e é justamente nesse período que os atrasos na entrega frustram o consumidor. Em 2014, por exemplo, o Procon SP recebeu 12.793 reclamações ligadas a não entrega/ demora na entrega de produtos de lojas virtuais.

O faturamento do e-commerce deve aumentar 14% neste ano, segundo estimativa da consultoria E-Bit, entre 15 de novembro a 24 de dezembro, que compreende as vendas de Black Friday e Natal. A expectativa é que o segmento movimente R$ 8,4 bilhões durante o período.   “Essas datas são muito cruciais para o comércio eletrônico, pois nesse período as lojas virtuais chegam a vender até 10 vezes o volume de outros meses”, comenta Juca Oliveira, fundador da B2Log  – marketplace especializado em soluções de logística para o comércio eletrônico.  

+ Procon-SP fiscalizará lojas físicas e virtuais durante a Black Friday

Para ajudar quem já está com demanda de Black Friday e quer fidelizar o consumidor para as compras de Natal, o empresário listou também algumas dicas para evitar atrasos na entrega:

Tenha um plano alternativo

A loja virtual deve ter sempre em mente mais de uma alternativa para entrega de mercadorias. Conversar com outros players, encontrar empresas parceiras e orçar os custos com logística e ter uma solução de entrega diversificada pode evitar problemas no futuro e fazer com que a loja virtual tenha crescimento sustentável.

Controle da mercadoria

Ter disponível no site soluções em que o cliente possa acompanhar a entrega do produtos em tempo real. A medida mostra ao consumidor que a empresa têm politicas de transparência com o consumidor e isso reduz a ansiedade do mesmo, além de possibilitar a identificação de problemas quando o produto está em transito para entrega.

Contato com o cliente

Informar o cliente, por meio de mensagens, Previsão de chegada da mercadoria por meio de envio de mensagens, para que reduza-se a possibilidade de que o entregador não encontre ninguém para receber a mercadoria, no momento da entrega.

Aposte na logística reversa

Facilitar a vida do cliente em caso de devolução ou troca de produtos  comprados na Black Friday ou no Natal é importante no processo de fidelização. Com novos aplicativos e soluções, as lojas virtuais podem acelerar esse processo, com a entrega imediata do produto aliada a coleta do produto com defeito na casa do cliente, criando uma experiência de troca melhor para o consumidor.

+ Consumidor deve ficar atento ao comprar durante a Black Friday

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários