Tamanho do texto

Pesquisa realizada pela Randstad, player especializado em soluções de Recursos Humanos, apontou que 76% dos colaboradores brasileiros afirmam estar satisfeitos em seu ambiente de trabalho

76% dos brasileiros dizem estar contentes com o seu trabalho; o Brasil é o 11° colocado entre os mais satisfeitos
iStock
76% dos brasileiros dizem estar contentes com o seu trabalho; o Brasil é o 11° colocado entre os mais satisfeitos

Em tempos de crise econômica, em que a pressão por resultados dentro do ambiente de trabalho pode sobrecarregar o colaborador, ter uma equipe satisfeita e engajada é um desafio ao empreendedor brasileiro. Mesmo com todas as situações adversas desse período, pesquisa realizada pela Randstad, player especializado em soluções de Recursos Humanos, apontou que 76% dos colaboradores brasileiros afirmam estar satisfeitos em seu ambiente de trabalho.

O índice foi 2% superior ao verificado pela empresa no levantamento feito entre abril e maio deste ano. Outro dado interessante é que o Brasil é o 11° colocado entre os mais satisfeitos. Mesmo com boa parte dos brasileiros felizes com o trabalho , existem aqueles que estão na situação oposta: 9% afirmaram estar insatisfeitos.

Em entrevista ao Brasil Econômico o coordenador de RH da Randstad Brasil, Alex Correa, afirmou que é justamente em momentos de recessão que as empresas devem se preocupar em melhorar o engajamento de sua equipe. “Nós, como Recursos Humanos estratégico, devemos estar sempre com uma visão futura dos pontos nos quais devemos trabalhar, para que em tempos de crise a motivação e a produtividade de nossos colaboradores continuem a crescer”, disse.

+ Dicas para quem trabalha em home office manter a produtividade

O especialista explicou que, mesmo sendo um ponto sensível dentro das organizações, políticas de engajamento nem sempre são empregadas pelas empresas no País, mesmo não sendo necessário investir dinheiro em tais medidas. “Nos casos em que as empresas possuem uma área de RH estratégica a prática é comum, mas na maioria das organizações infelizmente ainda temos uma barreira a ser enfrentada”, explicou Correa.  

O especialista explicou que existem diversas formas para engajar a equipe no ambiente de trabalho, que vai desde a reestruturação salarial e de comissionamento até o desenvolvimento de uma promoção da saúde dos funcionários. “Conseguimos com diversas ações institucionais no último ano (2015), fazer com que nossa pesquisa de clima subisse 7% frente ao ano anterior no quesito engajamento de orgulho de nossa marca”, ressaltou ele.

Mas, antes de tomar qualquer iniciativa, é necessário identificar os pontos sensíveis da desmotivação da equipe. “Isso é possível por meio de análises contínuas em três frentes: engajamento dos profissionais, análise das lideranças e sua própria capacidade organizacional”, concluiu Correa. 

+ Cinco dicas para melhorar o ambiente de trabalho (e sua vida)

Dicas para engajar a equipe

Não está conseguindo fazer com que a sua equipe progrida e se sinta feliz no ambiente de trabalho. Selecionamos algumas medidas para reverter essa situação.

Trace metas : Nada vai funcionar se não tiver um objetivo a ser alcançado e mostre a sua equipe a importância de cada um no projeto. Fazer com que eles se sintam parte integrante, pode ser um impulso e tanto.

Delegue e divulgue informações : O trabalho em equipe é capaz de fazer milagres no resultado e sua empresa. Divida as obrigações entre os funcionários, repasse informações importantes e incentive sempre. Positividade gera positividade e isso é contagiante.

Reconheça os acertos e os erros: De nada adiantar celebrar as vitórias em conjunto e culpar os outros pelo fracasso. Todos são responsáveis dentro de um ambiente de trabalho, logo, quando um acerta todos acertam. Quando um erra, todos erram.

Feedback : Sempre converse com os seus colaboradores sobre o desempenho. Deixá-los no escuro pode gerar insegurança, e por consequência, o desanimo. Fale os pontos positivos e negativos observados, sem ofender. O correto é encontrar, em conjunto, uma solução para minimizar os problemas e evidenciar as soluções no ambiente de trabalho.

 + Empresária conta "regra simples" para equilibrar carreira e maternidade

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.