Tamanho do texto

Pagamento por meio de cartão de crédito ajuda a evitar golpes, pois pode ser solicitado estorno junto ao banco, enquanto o boleto bancário é irreversível

Brasil Econômico

Cartão de crédito deve ser usado em 82% das compras, enquanto o boleto deve ser opção em 13,7% dos casos
iStock
Cartão de crédito deve ser usado em 82% das compras, enquanto o boleto deve ser opção em 13,7% dos casos

Nos últimos anos, o consumidor brasileiro tomou gosto pela Black Friday. Hoje em dia, este é um dos principais eventos do comércio eletrônico nacional, com vendas que crescem a cada ano. Segundo a E-bit, empresa especializada em informações do comércio eletrônico, a expectativa de faturamento para este ano é superior a R$ 2,1 bilhões. No entanto, para proveitar a data da melhor forma, é indispensável seguir uma dica: escolher o cartão de crédito como meio de pagamento ao invés do boleto bancário.

+ Consumidor deve ficar atento ao comprar durante a Black Friday

De acordo com Tom Canabarro, co-fundador da Konduto, sistema antifraudes na internet, a previsão é de que o cartão seja usado em 82% das compras feitas durante a Black Friday de 2016. Em contrapartida, 13,7% dos consumidores devem escolhar o boleto como forma de pagamento. Este número é considerado alarmante, pois a maior parte dos golpes aplicados na data acontece nesta modalidade.

Apesar de o Brasil ser um dos países com mais casos de clonagem de cartão, esta forma de pagamento sempre protege o consumidor, tornando-se a maneira mais segura de fazer as compras. Se alguma transação pela internet for feita sem o consentimento do usuário, ele consegue solicitar o estorno do valor da compra.

+ Por que e como pequenas empresas devem começar a investir em marketing digital

No outro caso, uma vez que o documento é pago, os bancos não conseguem fazer nada a respeito. Assim, os criminosos encontram a possibilidade de aplicarem golpes nos consumidores mais desatentos.

Um dos golpes mais conhecidos nestas datas segue um roteiro já bem conhecido: uma loja desconhecida oferece descontos muito grandes em produtos cobiçados pelos consumidores, mas só aceita pagamentos por meio de boleto, à vista. O cliente não desconfia, não pesquisa por maiores informações sobre aquele e-commerce e acaba fazendo a compra.

Quando o consumidor percebe que se trata de um golpe e não vai receber o produto, já é tarde demais. Mesmo que ele tente alguma manobra junto ao banco para recuperar o dinheiro, não será possível, afinal, o pagamento por este meio é irreversível.

+ Vai viajar mas tem trabalho a fazer? Veja 6 dicas para manter a produtividade

Por isso, sites que aceitam apenas o boleto bancário como forma de pagamento devem sempre ter a desconfiança do consumidor. Pesquise bastante, confira a procedência da loja e lembre-se que o cartão de crédito é a forma de pagamento mais segura. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.