Tamanho do texto

Confiar na sua intuição não é a melhor forma de avaliar um funcionário; veja o que fazer para identificar bons profissionais e mantê-los na empresa

Bons funcionários não ficam satisfeitos em fazer o mínimo
iStock
Bons funcionários não ficam satisfeitos em fazer o mínimo

Costumamos ser rápidos em julgar o desempenho de alguém no trabalho. É fácil dizer "Ele é um mau funcionário". E muito menos comum ouvir alguém falar "Ela faz o trabalho dela muito bem". No entanto, essas duas frases, se ditas com base na sua intuição e na afeição pela pessoa em questão, não fazem sentido. Como você pode, realmente, descobrir quem são os melhores funcionários?

+ A empresa que paga seus funcionários para dormirem mais

O funcionário modelo

Um bom funcionário tem uma gama de características distintas, além de grande conhecimento para realizar o trabalho que executa. Embora cada trabalho exiga uma quantidade de habilidades específicas, há algumas que são comuns a todos os funcionários , independentemente da área de atuação. Manter esses empregados requer muito esforço. De acordo com levantamento feito pelo Globoforce, o motivo número um pelo qual os norte-americanos deixam seus empregos é porque eles não sentem que seus trabalhos são reconhecidos.

Veja as características do funcionário modelo.

1. Eles querem mais

Eles não ficam satisfeitos em fazer o mínimo. Seja por ambição, seja por satisfação pessoal, eles só ficam felizes quando fazem mais do que todos esperam deles.

2. Eles fazem perguntas

Eles querem saber coisas e entender processos. Eles sempre procuram maneiras de explorar sistemas para irem mais longe.

3. Eles são apaixonados

Eles se preocupam com o desempenho no trabalho. Essas são as pessoas cujos olhos brilham quando ouvem a pergunta: "O que foi aquilo que você fez?" Eles são aqueles que defendem suas ideias apaixonadamente.

4. Eles são estranhos

Eles são visivelmente diferentes dos outros funcionários. Isso mostra o quão criativos eles são e como têm a a habilidade de pensar fora da caixa.

5. Eles gostam de provar que os outros estão errados

Eles são movidos pelo desejo de estarem sempre certos. Se eles têm uma ideia maluca, e todos dizem que aquela ideia não vai dar certo, eles vão encontrar uma maneira de provar que está certo. A melhor coisa que os chefes podem fazer é deixá-los voar.

Como encontrar funcionários modelo e mantê-los por perto

Você pode avaliar seus funcionários durante reuniões semanais, mas, ao fazer isso, pode gastar muito tempo. Contudo, você deve achar essas pessoas. Se não as contratar, ou pior, se acidentalmente deixá-las ir, sua equipe perderá muito mais valor do que imagina. Você também precisa manter essas pessoas felizes. Funcionários felizes são 12% mais produtivos do que os demais.  Para descobrir do que os seus funcionários realmente são feitos, você pode aplicar, semanalmente, uma metodologia chamada Planos, Progresso e Problemas (PPP).

Primeiro, o PPP requer que os funcionários façam uma lista com seus planos para a próxima semana. Há pessoas que terão certeza de que não têm muito o que planejar e , no final das contas, concluirão tudo o que haviam planejado. Mas há outros que têm muitos planos e muitas ideias. Esses não costumam terminar tudo em uma semana. Essas são as pessoas que querem mais e que gostam de provar que os outros estão errados.

Muitas atividades atrasadas são uma parte interessante da PPP. À primeira vista, pode parecer que isso mostra preguiça - e algumas vezes é verdade - mas normalmente os preguiçosos estão muito desinteressados para fazer planos. Então, esse comportamento é, na verdade, um sinal de quem quer fazer mais do que é possível. Se você tem uma pessoa como essa na sua equipe, talvez ela precise de ajuda para manter o foco, então sente-se com ela e preste auxílio.

Bons funcionários devem ser reconhecidos. É tarefa do gestor identificar quem são eles. Use a metodologia PPP ou reuniões presenciais. O mais importante é que você encontre os melhores funcionários e não os perca de vista.