Brasil Econômico

undefined
iStock
Apesar da melhora nas vendas de carros novos em julho, as montadoras estão cautelosas por causa da crise econômica

As vendas de carros novos em julho registraram o melhor desempenho mensal do ano, com 181,4 mil unidades, volume 5,6% maior que o de junho, mas 20,3% abaixo do obtido em julho de 2015, de acordo com a Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). Embora julho tenha sido o terceiro mês consecutivo de alta nos negócios em relação ao mês anterior, o resultado não foi suficiente para que o mercado pudesse cogitar uma recuperação consistente do setor.

LEIA MAIS: Consórcio: entenda as regras dessa modalidade de compra

No acumulado de janeiro a julho, foi vendido 1,164 milhão de carros, 24,7% menos do que no acumulado de janeiro a julho de 2015. De acordo com o economista Rodrigo Nishida, da LCA Consultores, o resultado das vendas de carros  em julho "pode ser um suspiro", mas é aconselhável esperar os próximos meses para que seja possível fazer uma avaliação melhor.

A LCA mantém sua projeção de queda em torno de mais de 20% para as vendas do ano. Já a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), acredita que a redução nas vendas para o ano deve ser de 19%,  o que equivale a 2 milhões de unidades.

Apesar da melhora, as montadoras estão cautelosas por causa do atual ambiente econômico, marcado por inflação elevada, restrição ao crédito e alta taxa de desemprego. No ano, as vendas no varejo, das lojas para os consumidores, recuaram 29,2% em comparação com 2015, enquanto os negócios diretos - das fábricas para frotistas - recuaram 12,5%.

LEIA MAIS: Brasil e Argentina fecham acordo automotivo com vistas a livre-comércio em 2020

Marcas e modelos mais vendidos

A General Motors manteve a liderança das vendas de carros em julho. Ela comercializou 175 mil unidades, o que equivale a 16,9% de participação no setor. O segundo lugar ficou com a Fiat, que vendeu apenas 870 unidades a menos, e teve participação de 16,4%. A Toyota ficou em quarto lugar no ranking com 9,6% das vendas, quase empatada com a Ford, que vendeu 100 carros a menos. A Hiunday ficou na sexta posição com 9,2% das vendas.

Entre os modelos mais vendidos, a liderança ficou com o Chevrolet Onix (11,6 mil unidades), seguido pelo Hyundai HB20 (9,7 mil), Ford Ka (7,2 mil), Fiat Palio (6 mil) e Chevrolet Prisma (5,9 mil).

* Com informações do Estadão Conteúdo

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários