Brasil Econômico

undefined
iStock
É preciso ficar atento às pequenas despesas diárias ao montar a planilha com os gastos totais do mês

O controle do orçamento doméstico é uma tarefa muito importante na missão de evitar o surgimento de dívidas. Uma das melhores formas de visualizar todos os seus gastos é por meio de uma planilha, que pode ser facilmente estruturada. 

LEIA TAMBÉM:  12 passos necessários para alcançar o sucesso no empreendedorismo

A planilha para o controle das finanças permite fazer a relação dos ganhos, gastos e do valor que sobra. O mais importante, para que não haja qualquer tipo de problema, é que a pessoa detalhe os custos por completo.

Fique atento às despesas

Na hora de montar a tabela, é fácil lembrar dos gastos mensais fixos, como o aluguel e a mensalidade da escola, por exemplo. No entanto, despesas variáveis, em muitos casos, costumam ser esquecidas. Estes gastos são aqueles pequenos, feitos no dia a dia. É importante sempre lembrar de cada um deles e colocá-los na lista, pois, somados ao final do mês, provocam um grande impacto no orçamento. 

Faça a análise da tabela

Depois de preenchida, é importante que a tabela com as despesas mensais seja profundamente analisada pela pessoa que deseja controlar o orçamento doméstico. De nada adianta fazer apenas a anotação dos gastos e não estudá-los para entender o que pode ser cortado. O dinheiro que deixa de ser atribuído às despesas supérfluas pode ser investido em algo que possibilite maiores benefícios para o futuro. 

Seja disciplinado

Um dos pontos principais na hora de montar uma tabela com gastos é a dedicação. Preencher o esquema deve se tornar parte de sua rotina diária, pois, caso contrário, não será possível controlar adequadamente as finanças. 

Mais dicas

Na hora de montar o esquema, é recomendado organizar uma tabela com os doze meses do ano, lado a lado, na parte superior. Abaixo de cada mês, deixe detalhado o seu faturamento total naquele período, proveniente de seu salário, rendimento bancário e demais fontes de renda. 

LEIA MAIS:  Entenda quem tem direito a receber a restituição do Imposto de Renda

O próximo passo é criar um campo para as despesas na planilha, onde serão colocados todos os gastos de cada mês. Caso esteja utilizando ferramentas como o Excel, é possível programar uma soma automática de custos. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários