Brasil Econômico

Brasil Econômico

undefined
iStock
Os Bitcoins não são sofrem regulação de governos ou bancos centrais

Sob o pseudônimo japonês Satoshi Sakamoto, o empreendedor australiano Craig Wright criou em 2009 o Bitcoin, a primeira moeda digital descentralizada usada como meio de pagamento na compra de uma infinidade de produtos e serviços.

LEIA MAIS: Já aceita no País, bitcoin ainda é aposta no futuro

Os Bitcoins  não existem de forma palpável. Cada transação é um código alfanumérico trocado entre quem vende e quem compra um produto ou serviço. Essas transferências são efetuadas sem interferências de terceiros já que os Bitcoins não são emitidos nem lastreados por bancos centrais. O fato de as operações não serem descentralizadas explica também porque é praticamente impossível rastreá-las.

De onde surgem os Bitcoins?

Bitcoins são gerados na internet por qualquer pessoa que use um programa gratuito chamado bitcoin miner . A base do sistema é uma rede de “mineiros”, como são chamados os usuários de computador que registram todas as transações e fornecem à rede Bitcoin o poder de processamento que mantém o processo transparente. A dificuldade de minerar é ajustada automaticamente pela rede para que Bitcoins sejam criados em uma taxa limitada e previsível. Já os “mineiros” são presentados com Bitcoins novos por apoiar o sistema.

Onde os Bitcoins são armazenados?

As moedas virtuais são mantidas em carteiras digitais, espécies de bancos online, baixados na internet. Quando os Bitcoins são transferidos, uma assinatura digital é criada, verificada por um minerador e gravada na rede Bitcoin de forma anônima.

Que tipo de aquisições posso fazer com Bitcoins?

É possível comprar jogos, roupas, presentes e vários outros produtos com Bitcoins. Milhares de empresas ao redor do mundo aceitam pagamentos nessas moedas virtuais.

Como obter Bitcoins?

Comprar, receber pagamentos e minerar são as três formas possíveis de se obter bitcoins. É possível adquirir Bitcoins no Brasil em sites que compram e vendem a moeda virtual como o mercadobitcoin.com.br, ou recebê-los por meio de pagamentos, já que milhares de lojas de todo o mundo aceitam Bitcoins como forma de pagamento.

LEIA MAIS:  Bolsa de bitcoin é blindada contra falência

A terceira maneira é disponibilizar computadores para manter a rede que controla a moeda e ser remunerado com Bitcoins disponíveis nela. Em outras palavras, qualquer um pode se tornar um dos mineradores responsáveis pela manutenção do funcionamento da estrutura descentralizada dos Bitcoins.

É possível trocar Bitcoins por moeda em espécie?

Bitcoins podem ser trocados por dólares, euros e outras moedas em mercados de câmbio.

Quais são as vantagens e as desvantagens dos Bitcoins?

Uma das principais vantagens da moeda virtual seria a sua segurança, de acordo com alguns especialistas. A segurança dessa moeda virtual seria mantida por um sistema engenhoso e que tornaria praticamente impossível a sua falsificação, dizem eles. Além disso, a praticidade também conta a favor dos Bitcoins. Quem trabalha com a moeda virtual não precisa lidar com tipos de câmbio diferentes, nem arcar com os custos de transferências. Não há cancelamentos nem taxas.

Entretanto, alertam outros, o segmento ainda é incipiente, e a moeda instável, decorrente da inexistência de um governo ou banco que seja responsável pela sua regulação.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários