Tamanho do texto

Pesquisar o mercado, investir em marketing e humanizar a comunicação com o cliente são algumas dicas; veja mais

A ascensão de uma geração que é webconsumidora ajuda a explicar a expansão do comércio eletrônico no Brasil. Hoje em dia, as pessoas consomem e empreendem de maneira diferente. Há quem já tenha enxergado nesse nicho uma oportunidade de trabalho e um caminho para o sucesso, mas se sente inseguro para se jogar em um projeto porque não tem informação. Se você é uma delas, não há mais motivos para ficar apreensiva. Separamos algumas dicas que podem te ajudar a lançar um empreendimento e colher bons resultados. Acompanhe! 

LEIA MAIS: Comércio eletrônico brasileiro deve ter crescimento de 43,5% até 2020

Pesquisa

O primeiro passo é pesquisar sobre o setor de e-commerce . Durante essa pesquisa, é importante coletar informações sobre plataformas, formas de pagamento, ferramentas de marketing, fornecedores, consumidores e produtos. Quais deles são interessantes para você e a sua proposta de negócio? 

Empreendeedor do ramo de e-commerce deve investir em tecnologia e marketing
iStock
Empreendeedor do ramo de e-commerce deve investir em tecnologia e marketing


Segmentação 

Tendo refletido sobre tudo isso, é hora de fazer escolhas. Em qual segmento você vai apostar suas fichas? Especialistas do ramo garantem que atirar para todos os lados é um grande erro. Um empreendedor que tenta vender de tudo e conquistar todos os nichos do mercado acaba não conquistando nenhum deles e sucumbindo aos concorrentes que souberam fazer uma escolha. Uma boa estratégia é pensar em segmentos que tenham bastante procura, mas pouca oferta.

Organização e planejamento 

Você sabe aonde quer chegar, certo? Então se planeje para chegar lá. Faça um orçamento, defina quanto será gasto com parceiros e prestadores de serviço. Organize-se financeiramente. Você vai precisar de auxílio para emitir boletos e notas fiscais, controlar estoque e fazer a manutenção da plataforma do seu negócio, e toda essa ajuda custa dinheiro. 

LEIA MAIS:  De lojas pop-up a escritórios virtuais: opções que conquistaram empreendedores

Marketing 

Tão importante quanto fazer investimentos em tecnologia, é fazer investimentos em marketing. Não adianta ter um baita negócio, se você não souber promovê-lo e chamar a atenção do seu público. Uma divulgação certeira é indispénsável para conquistar a clientela. Há várias opções. E-mails e anúncios em redes sociais e sites de busca podem ser usados para despertar a fidelidades dos clientes, por exemplo. Se você é um expert em vídeos e fotografa muito bem, pode investir no desenvolvimento de um site mais elaborado, com conteúdo em diversas plataformas e que atraem a atenção dos visitantes.

Ousadia 

Seja ousado para se destacar. Existem muitos websites de comércio eletrônico e para se sobressair entre tantos outros é importante ser diferente. Para fazer diferente, é essencial conhecer os concorrentes e cativar os clientes em potencial. Como fazer isso? Humanizando sua relação com eles. Invista em canais de comunicação e explore as tecnologias disponíveis. Envie vídeos aos seus clientes para agradecer pela compra, disponha-se a tirar dúvidas e ouvir reclamações pelo telefone, Facebook ou Whatsapp. Além disso, demonstre comprometimento com o que faz. Fornecedores, transporte e embalagens devem ser escolhidas com cuidado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas