Brasil Econômico

undefined
iStock
Todas as empresas devem obrigatoriamente fazer o balanço patrimonial

O balanço patrimonial é uma importante ferramenta para avaliar os resultados financeiros de uma empresa. Por meio deste método, é realizada uma demonstração contábil da companhia, assim permitindo identificar, de forma qualitativa e também quantitativa, a posição da empresa – na parte contábil, econômica e financeira – dentro de um período de tempo previamente determinado.

LEIA TAMBÉM: Dicas para vender na internet usando o marketplace

A realização do balanço patrimonial deve ser feita obrigatoriamente por todas os empresários atuantes no Brasil, bem como por todas as sociedades do País. Existem apenas duas exceções, que são as microempresas e os empresários do setor rural. 

Composição do balanço

A demonstração contábil proveniente da aplicação desta ferramenta procura identificar os bens e os direitos da empresa, além de apontar seus respectivos valores. Por outro lado, também são demonstradas as obrigações financeiras dos acionistas com a companhia. Para que seja possível fazer tal pontuação, é necessário que o balanço englobe três elementos principais. Veja quais são e o motivo da importância de cada um deles: 

Ativos:  esta categoria da demonstração contábil pode ser definida como o conjunto de recursos usados pela companhia para gerar o fluxo de caixa necessário para o trabalho do dia a dia. Dentro dos ativos, podem ser encontrados diversos elementos como os estoques, as contas que ainda serão recebidas e os terrenos da organização, por exemplo.  

Passivos:  ao contrário da categoria de ativos, os passivos incluem os recursos que englobam todas as obrigações financeiras delegadas à empresa em questão. Ao invés das contas à receber, entram as conta à pagar, por exemplo. Além disso, também são inclusas as taxas, as despesas referentes aos contratos e as hipotecas. 

Patrimônio:  o patrimônio líquido da empresa, último elemento da demonstração contábil, está diretamente relacionado aos dois apresentados anteriormente. Seu resultado é fruto da diferença entre os ativos – que representam os lucros da companhia, bem como seus investimentos – e os passivos, que representam o lado negativo, o pagamento das dívidas. Dessa forma, é possível verificar que o patrimônio é o valor que a organização realmente possui disponível em seu caixa. 

LEIA MAIS: Saiba como conseguir empréstimo mesmo com o nome negativado

Para realizar a verificação do balanço patrimonial, são levados em consideração uma série de aspectos relativos ao trabalho da empresa, como, por exemplo, o cálculo de dívidas e a fluidez financeira. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários