undefined
Fosforix/Creative Commons
Maior alta foi em Cine e fotos, que cresceu 5,95%


O índice de inflação na internet, conhecido como e-flation e calculado pelo Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Mercado de Consumo (Ibevar), em parceria com o Programa de Administração de Varejo (Provar), teve alta de 1,25% em maio ante abril. No resultado acumulado em 12 meses, a inflação ficou em 17,18%. Nos cinco primeiros meses deste ano, a alta acumulada é de 8,17%.

LEIA MAIS: Remédio sem similar nacional pode ser isento de impostos de importação

Das dez categorias pesquisadas, seis subiram em maio, na margem – influenciando diretamente a inflação na internet . A maior alta foi em Cine e fotos (5,95%), seguida de Brinquedos (5,52%), Eletrodomésticos (4,14%), Eletroeletrônicos (3,99%), Telefonia e Celulares (3,16%) e Livros (2,65%). Por outro lado, quatro categorias registraram queda nos preços: CDs e DVDs (-6 67%), Informática (-3,75%), Medicamentos (-3,41%) e Perfumes e Cosméticos (-0,57%).

LEIA TAMBÉM: Coca-Cola, Ambev e PepsiCo cancelam venda de refrigerante a escolas

Criado em 2004, o índice de inflação na internet tem o intuito de monitorar a variação dos preços de produtos de consumo comprados por meio do comércio eletrônico. Para cômputo dos pesos de cada categoria, são utilizados dados emitidos pela empresa e-bit.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários