Estadão Conteúdo

undefined
Gustavo Lima/ Câmara dos Deputados - 11.02.15
O ministro de Minas e Energia Fernando Coelho Filho garantiu leilões de energia ainda para 2016

Os leilões de geração de energia devem ocorrer neste ano, mas podem sofrer um ajuste de cronograma em relação às datas previstas atualmente, indicou o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho.

De acordo com ele, uma definição depende ainda da chegada do novo presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Luiz Barroso. "Estamos aguardando o Barroso, da EPE, que chega no final do mês. Já temos conversado com ele", disse. Barroso é sócio na consultoria PSR e está se desvinculando de suas funções para assumir o cargo na empresa de planejamento do governo.

Coelho Filho lembrou que atualmente o setor passa por um momento de sobrecontratação, mas ponderou que os leilões são importantes pelo incentivo a indústria e sinalização de médio e longo prazos. "Nossa disposição é de fazer, mas para começar a fazer os leilões, temos que equacionar algumas coisas antes", disse.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários