Estadão Conteúdo

undefined
Thinkstock/Getty Images
Perspectiva negativa atribuída em fevereiro é mantida


A aprovação da admissibilidade do impeachment da presidente Dilma Rousseff na manhã desta quinta-feira (12) pelo Senado não altera o ponto de vista da Moody's sobre as perspectivas de crédito do Brasil. De acordo com a agência de classificação de risco, o ambiente atual permanece com a perspectiva negativa atribuída em fevereiro.

A avaliação é a de que a votação no Senado "não irá erradicar a incerteza política que prevaleceu durante um processo demorado". "Como tal, o impeachment da presidente Rousseff não altera nossos pontos de vista sobre as perspectivas de crédito do Brasil e para o ambiente atual permanece consistente com o rating Ba2 com uma perspectiva negativa atribuída em fevereiro", reitera a nota.

"O Brasil ainda enfrenta desafios de crédito significativos, incluindo a necessidade de inverter a contração econômica em curso e para alcançar a consolidação orçamental significativa", conclui.

    Leia tudo sobre: Impeachment

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários