O presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, repetiu nesta quinta-feira (7) que não trabalha com a hipótese de redução da Selic e que o cenário de inflação ainda é "desafiador", apesar de fatores desinflacionários que vão continuar no futuro.

"(Não há) hipótese de flexibilização da política monetária", afirmou ele.

Tombini, que participou de evento em São Paulo, disse ainda que este ano será marcada por menor dinamismo da economia global.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários