Tamanho do texto

Operação só voltará ao normal após liberação do Ministério Público do Trabalho, que não tem data prevista para acontecer

Fábrica paralisada em Jacareí representa 40% da produção nacional da Heineken
Divulgação
Fábrica paralisada em Jacareí representa 40% da produção nacional da Heineken


A fábrica da Heineken, localizada em Jacareí, segue com a produção paralisada. Há seis dias, a explosão de uma caldeira matou quatro trabalhadores no local. A operação só voltará ao normal após liberação do Ministério Público do Trabalho. Não há previsão de datas. 

Responsável por 40% da produção nacional da Heineken, a unidade de Jacareí fabrica de 20 mil a 24 mil hectolitros por dia. Portanto, deixaram de ser produzidos entre 120 mil a 144 mil hectolitros desde o acidente. 

Além da Heineken, a fábrica, que conta com 400 trabalhadores, também é responsável pela produção das cervejas Kaiser, Bavaria, Bavaria Premium, Sol e Amstel.

O local da explosão está passando por perícias, com a intenção de verificar se as outras duas caldeiras que operavam na área sofreram algum tipo de dano. Os laudos da Polícia Civil e de uma empresa de engenharia naval ainda não foram concluídos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas