Tamanho do texto

Desde o início de sua implantação em São Paulo, em 2006, foram enviadas à Fazenda mais de 4 bilhões de notas digitais

Cerca de 80 mil contribuintes de setores industriais e de atacado que recolhem ICMS pelo Regime Periódico de Apuração (RPA) estarão obrigados a utilizar a Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) a partir de 1º de janeiro de 2016. Com inclusão destes segmentos, a Secretaria da Fazenda amplia a obrigatoriedade da NF-e para a totalidade de contribuintes enquadrados no RPA.

Emissor gratuito pode ser baixado na página da Secretaria de Fazenda do Estado de São Paulo
Reprodução de Internet
Emissor gratuito pode ser baixado na página da Secretaria de Fazenda do Estado de São Paulo

A implantação da Nota Fiscal Eletrônica foi iniciada em 2006 e adotada como padrão para as operações em 2007. Desde o início do período de obrigatoriedade até 2015, foram transmitidos ao Fisco paulista mais de 4 bilhões de notas fiscais eletrônicos (NF-e).

A Fazenda colocou à disposição do contribuinte um emissor gratuito que pode ser baixado partir da página inicial do projeto. Acesse clicando aqui .

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.