China volta para o radar com Covid-19
Ivonete Dainese
China volta para o radar com Covid-19

Os mercados de ações da Ásia fecharam no negativo. Os investidores estavam atentos novamente com medidas restritivas contra a Covid-19 na China. No entanto, a balança comercial chinesa já mostra reação positiva.

Índices da Ásia

O índice Xangai ficou em queda de 0,76% aos 3.238 e o Shenzhen Composite ficou em queda 1,81% aos 2.045. O Nikkei 225, bolsa de Tóquio, ficou estável aos 28.246 o índice Topix ficou estável a 1.969. O FTSE Straits, bolsa de Singapura, ficou em queda de 0,50% aos 3.209. O Kospi, bolsa de Seul, ficou estável aos 2.625. O Sensex, bolsa de Mumbai, ficou em alta de 0,78% aos 55.320. O Hang Seng, bolsa de Hong Kong, ficou em queda de 0,66% aos 21.869.

De acordo com agências internacionais, as novas ordens de Pequim foram declaradas para alguns distritos para reduzir os casos de Covid-19. O distrito Minhang está isolado.

Entre os indicadores, as exportações da China subiram 16,9% no comparativo anual até maio, com saldo dos 3,9% de abril. As importações subiram 4,1% em maio, também no comparativo anual, ante 0% no mês anterior.

O aumento das exportações e das importações deveu-se, principalmente, à reabertura do porto de Xangai, o maior porto da China, na última semana de maio. O Governo chinês espera por crescimento anual entre 10% e 20%, com a reabertura.

No Japão, as preliminares das vendas de máquinas ficaram em alta de 23,7% no levantamento do ano, segundo o Governo Japonês.

Se você gostou deste conteúdo e quer continuar por dentro do mundo dos investimentos, não esqueça de clicar aqui

Quer saber mais? Veja no nosso blog

O post China volta para o radar com Covid-19 apareceu primeiro em 1 Bilhão Educação Financeira .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários