Petrobras (PETR4): Dança das cadeiras é negativa
Ivonete Dainese
Petrobras (PETR4): Dança das cadeiras é negativa

O Ministério de Minas e Energia – MME anunciou na noite de ontem a decisão de trocar novamente o presidente da Petrobras, que estava nas mãos de José Mauro Ferreira Coelho por apenas 40 dias.

A notícia está movimentando o mercado financeiro doméstico, com as diversas casas de análises se posicionando. Para a equipe da Guide Investimentos, a troca poderá pesar na governança corporativa da petroleira.

Petrobras (PETR4)

O recém empossado presidente da Petrobras, José Mauro Ferreira Coelho teve a sua demissão anunciada na noite de ontem pelo Ministério de Minas e Energia, o que o torna o terceiro a ser substituído no cargo durante o governo Bolsonaro. A indicação para a presidência da petrolífera é Caio Mário Paes de Andrade, que ocupava o cargo de secretário da Desburocratização, no Ministério da Economia. Ele é descrito como “empreendedor serial em tecnologia de informação e mercado imobiliário”, no site do ministério de Paulo Guedes.

A troca ocorreu em meio à insatisfação declarada do presidente com reajustes de preços de combustíveis pela Petrobras e depois da troca de ministro do MME. Coelho tinha sido indicado pelo ex-ministro do MME, Bento Albuquerque, que foi substituído por Adolfo Sachsida no último dia 12 de maio.

Em 16 de maio, o presidente Jair Bolsonaro já havia respondido à uma questão de um jornalista relacionada a troca do CEO da estatal. “Pergunta para o Adolfo Sachsida, ele é o ministro de Minas e Energia e trata disso”.

“Negativo. Apesar de esperado, vemos a troca com maus olhos, pois afeta novamente o quesito de governança corporativa, dada a interferência na estatal. Além disso, esperamos questionamentos por parte dos investidores da capacidade do indicado de Sachsida para poder prosseguir com o plano estratégico que vinha sendo seguido pelos ex-presidentes, ou uma potencial mudança na política interna da estatal (tal como o Preço de Paridade de Importação – PPI), que poderia afetar negativamente a sua operação. Dito isso, esperamos maior volatilidade para os papéis da petrolífera.”

Se você gostou deste conteúdo e quer continuar por dentro do mundo dos investimentos, não se esqueça de clicar aqui

Entre no nosso grupo de trader

O post Petrobras (PETR4): Dança das cadeiras é negativa apareceu primeiro em 1 Bilhão Educação Financeira .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários