Lucro líquido do Santander (SANB11) fica em R$4 bilhões no 1T22:
Ivonete Dainese
Lucro líquido do Santander (SANB11) fica em R$4 bilhões no 1T22:

O banco Santander (SANB11) abriu a temporada de resultados financeiros dos grandes bancos referente ao primeiro trimestre de 2022.

O SANB11 viu a Carteira de Crédito com alta de 7,2% ao ano, ou seja, R$455 bilhões. O avanço veio através do segmento de Pessoa Física, alta de 19% a.a., e mais 1% no comparativo trimestral, mas a queda de 10% ficou com o segmento de grandes empresas.

O lucro líquido no período teve crescimento de 1,3%, alcançando R$4 bilhões. O volume de depósitos cresceu 3,6%, alcançando R$284 bilhões.

As receitas advindas de prestação de serviços e tarifas bancárias viram uma alta de 5,7%, devido ao crescimento de 27,7% na receita de cartões de crédito.

A sua margem financeira bruta atingiu R$ 13,9 bilhões, caindo 1,5% t/t, impactada por uma queda significativa de 95% na margem financeira com mercado, que mais do que compensou o crescimento de quase 12% na margem de cliente.

Leia Também

O ROE (Retorno sobre o Patrimônio Líquido) do trimestre ficou em 20,7%, patamar similar aos trimestres comparáveis.

Apesar dos resultados animadores, o SANB11 viu a alta na inadimplência, com o indicador saindo de 2,1% para 2,9%. Esse resultado gerou aumento de 37% nas despesas de provisão, queda de 68 p.p. no índice de cobertura do banco. O peso ficou com a alta dos índices de inadimplência mais curtos (acima de 60 e de 15 a 90 dias),) queda de 97% nas margens com mercado, devido a menor atividade do mercado de capitais com os juros em patamares elevados.

Leia Também

Houve aumento de 14% nas despesas com pessoal, devido ao crescimento de gastos com remuneração e benefícios e crescimento de 0,9 p.p. no custo de crédito, chegando a 3,5%.

Dessa forma, a formação de NPL incluindo a carteira renegociada aumentou 42% para R$ 8,5 bilhões, implicando uma cobertura de formação de NPL de apenas 63%. Nessa linha, o custo líquido do risco aumentou 25% em relação ao trimestre anterior, refletindo a deterioração da qualidade dos ativos e levando a um declínio de 11% trimestre contra trimestre na margem ajustada ao risco.

Se você gostou deste conteúdo e quer continuar por dentro do mundo dos investimentos, não se esqueça de ENTRAR NO CANAL DO TELEGRAM: Acesse

Já pensou em investir 1 mil reais e transformar isso em 1,900 reais? Quer saber como? Acesse aqui

O post Lucro líquido do Santander (SANB11) fica em R$4 bilhões no 1T22: apareceu primeiro em 1 Bilhão Educação Financeira .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários