Nestlé mostra vendas do 1T22 em alta de 7,6%
Ivonete Dainese
Nestlé mostra vendas do 1T22 em alta de 7,6%

A Nestlé viu o crescimento orgânico em 7,6%, com as vendas do primeiro trimestre com crescimento real (RIG) de 2,4% e variação de preços de 5,2%. O crescimento foi amplo na maioria das regiões e categorias, com preços mais altos, impulso contínuo das vendas no varejo e maior recuperação dos canais fora de casa.

As vendas totais reportadas aumentaram 5,4% para 22,2 bilhões de francos suíços (3M-2021: 21,1 bilhões de francos suíços). O câmbio reduziu as vendas em 0,8%. Os desinvestimentos líquidos tiveram impacto negativo de 1,3%.

Gestão de portfólio no caminho certo. Em abril, a Nestlé Health Science concluiu a aquisição da participação majoritária na Orgain, líder em nutrição à base de vegetais.

“Nestes primeiros meses do ano, a guerra na Ucrânia causou sofrimento humano indescritível. Continuamos concentrando esforços em apoiar os nossos colaboradores daquele país e em fornecer ajuda humanitária, enquanto apoiamos a comunidade internacional no apelo à paz”, disse Mark Schneider, CEO da Nestlé.

Em meio a esse ambiente desafiador, a Nestlé entregou forte crescimento orgânico de vendas com crescimento real resiliente. “Aumentamos a variação de preços com responsabilidade e observamos uma demanda sustentada do consumidor. A inflação de custos continua em forte elevação, o que exigirá mais variação de preços e ações mitigadoras ao longo do ano. A equipe da Nestlé enfrentou esses ventos contrários e fez com que a nossa estratégia de longo prazo e objetivos de sustentabilidade progredissem com agilidade e determinação. Confirmamos nossa orientação para o ano”, reiterou.

Perspectiva para 2022 confirmada

A companhia espera que o crescimento orgânico das vendas fique em torno de 5% e a margem de lucro operacional subjacente entre 17,0% e 17,5%. Esperamos que o lucro subjacente por ação nas moedas constantes e a eficiência de capital aumentem.

Vendas por Canais

Por canal, o crescimento orgânico das vendas no varejo foi de 5,9%. No varejo, as vendas no e-commerce aumentaram 5,0%, comparadas com o crescimento muito forte de 39,6% no primeiro trimestre de 2021. O crescimento orgânico nos canais fora de casa atingiu 35,6%, com vendas superiores aos níveis de 2019.

Os desinvestimentos líquidos reduziram as vendas em 1,3%, principalmente relacionadas à transação da Nestlé Waters North America, encerrada em 31 de março de 2021. Os desinvestimentos foram parcialmente compensados por aquisições, incluindo as principais marcas da The Bountiful Company. O impacto do câmbio nas vendas foi negativo em 0,8%. As vendas totais reportadas aumentaram 5,4% para 22,2 bilhões de francos suíços.

Leia Também

América Latina

O crescimento orgânico foi de 12,5%, com forte crescimento real de 4,7%. A variação de preços aumentou 7,7%. O câmbio teve impacto positivo de 1,8%. As vendas reportadas na Zona América Latina aumentaram 14,4% para 2,7 bilhões de francos suíços.

Leia Também

As vendas no Brasil aumentaram à taxa de dois dígitos, com forte crescimento em confeitos, bebidas achocolatadas, além de Nutrição Infantil. O México também registrou crescimento de dois dígitos de base ampla, refletindo a alta demanda por Nescafé, Purina PetCare e Carnation. As vendas no Chile cresceram à taxa de dois dígitos, lideradas por confeitos, sorvetes e Purina PetCare. O recém-adquirido negócio de chocolate premium direto para o consumidor, La Fête, teve forte demanda no Chile.

América do Norte
O crescimento orgânico foi de 9,9%, com crescimento real de 1,4%. A variação de preços atingiu 8,5%. Os desinvestimentos líquidos reduziram as vendas em 13,6%, já que o desinvestimento das marcas da Nestlé Waters North America contrabalançou amplamente a aquisição da Essentia Water. O câmbio teve impacto positivo de 2,2%. As vendas reportadas na Zona América do Norte diminuíram 1,5% para 5,8 bilhões de francos suíços.

Europa

O crescimento orgânico atingiu 6,9%, com sólido crescimento real de 2,8%. A variação de preços aumentou 4,1%, com aceleração na maioria das geografias e categorias. O câmbio impactou negativamente as vendas em 5,4%. As vendas reportadas na Zona Europa cresceram 2,2% para 4,6 bilhões de francos suíços.

Perspectiva para 2022 confirmada

A companhia espera que o crescimento orgânico das vendas fique em torno de 5% e a margem de lucro operacional subjacente entre 17,0% e 17,5%. Esperamos que o lucro subjacente por ação nas moedas constantes e a eficiência de capital aumentem.

Se você gostou deste conteúdo e quer continuar por dentro do mundo dos investimentos, não se esqueça de ENTRAR NO CANAL DO TELEGRAM: Acesse

Já pensou em investir 1 mil reais e transformar isso em 1,900 reais? Quer saber como? Acesse aqui

O post Nestlé mostra vendas do 1T22 em alta de 7,6% apareceu primeiro em 1 Bilhão Educação Financeira .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários