ANÁLISE: Vendas no Varejo
Felipe Sichel
ANÁLISE: Vendas no Varejo

A PMC de fevereiro registrou altas de 1,1% no conceito restrito e 2,0% no ampliado;
Comparado ao ano anterior, a PMC cresceu 1,3 e 1,4% nos conceitos restrito e ampliado, respectivamente; e

Com o resultado de hoje, esperamos variação de 0,28% para o IBC-Br de fevereiro.

Comentários:

A PMC de fevereiro registrou altas de 1,1% no conceito restrito e 2,0% no ampliado. O conceito restrito veio abaixo das nossas expectativas (1,5%) e acima do mercado (0,4%), já o ampliado veio em linha das nossas expectativas (2,2%) e acima do mercado (1,1%). Comparado ao ano anterior, a PMC cresceu 1,3 e 1,4% nos conceitos restrito e ampliado, respectivamente.

Por dentro do índice, queda apenas em Artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (-5,6%). Das demais aberturas, Equipamentos e materiais para escritório, informática e comunicação (0,0%) ficou de lado, enquanto as outras atividades cresceram. Abertamente, Combustíveis e lubrificantes (5,3%), Hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (1,4%), Tecidos, vestuário e calçados (2,1%), Móveis e eletrodomésticos (2,3%), Livros, jornais, revistas e papelaria (42,8%) e Outros artigos de uso pessoal e doméstico (1,6%).

Leia Também

O crescimento maior no conceito ampliado foi puxado por Veículos, motocicletas, partes e peças (5,2%), que contrabalanceou a queda em Materiais de construção (-0,4%).

Com a leitura do mês e as revisões na série, o índice de varejo restrito encontra-se agora 1,1% acima do nível de fevereiro de 2020 e o varejo ampliado 0,9% também acima. Além disso, o carrego do primeiro trimestre de 2022 para a PMC restrita é de 1,2% e da ampliada de 1,8%. Ressaltamos que as duas séries passaram por forte revisão e se situam em um valor bem acima quando comparado a fotografia do mês anterior.

Leia Também

Vamos investir? Aqui está uma boa oportunidade!

Os números do varejo estão mais positivos tanto no trimestre atual, com a segunda alta consecutiva, quanto na comparação com o ano anterior. De toda forma, a alta da inflação e o aperto das condições monetárias e financeiras deverão impactar o setor e reverter a dinâmica atual para o restante do ano.

Por fim, com o resultado de hoje, esperamos variação de 0,28% para o IBC-Br de fevereiro.

*Felipe Sichel, sócio e economista-chefe do Modal

O post ANÁLISE: Vendas no Varejo apareceu primeiro em 1 Bilhão Educação Financeira .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários