ENERGIA ELÉTRICA: Carga está avançando e alta é de 3,7% para abril
Redação 1Bilhão
ENERGIA ELÉTRICA: Carga está avançando e alta é de 3,7% para abril

O Operador Nacional do Sistema Elétrico – ONS informa, no Boletim do Programa Mensal de Operação (PMO), que a carga de energia do Sistema Interligado Nacional (SIN) deve aumentar 3,7% em abril, no comparativo com o mesmo período do ano passado. Ao todo, estão previstos 71.435 MW médios.

A região Sudeste/Centro-Oeste terá a maior alta, com 5% de aumento e 41.682 MW médios. Para o Sul, a expansão esperada é de 4,2% com 12.467 MW médios. No Nordeste, o avanço é de 3% e 11.527 MW médios. O Norte deverá recuar 4,6%, com o total de 5.759 MW médios. Esse comportamento é devido à redução parcial da carga de um consumidor livre da rede básica.

Ainda segundo o documento, a Média de Longo Termo (MLT), ou seja, a quantidade de chuvas que alimenta a vazão dos rios que chegam nos reservatórios das hidrelétricas, no Norte será de 133%; no Sul de 97%; no Sudeste/Centro-Oeste de 75% e no Nordeste de 43%. Todos os indicadores consideram como referência o dia 30 de abril.

Os prospectivos sinalizam ainda que, para o dia 30 de abril, que as regiões Norte e Nordeste permanecerão com os reservatórios próximos de seus níveis máximos, em 98,2% e 95%, respectivamente. O subsistema Sudeste/Centro-Oeste deve ter sua capacidade em 69%. Para o Sul, os percentuais de armazenamento chegam a 40,5%, em ritmo de recuperação.

Em relação ao Custo Marginal de Operação (CMO) para a próxima semana operativa, as regiões Sul e Sudeste/Centro-Oeste, que estão niveladas, registram elevação de 71,79%, saindo de R$11,94/MWh para R$42,32/MWh. O principal fator que influenciou esse aumento foi a atualização da previsão de vazões. Já as regiões Norte e Nordeste continuam com os custos zerados.

Leia Também

Entre nos nossos grupos de WhatsApp e receba notícias do mercado em tempo real.

O post ENERGIA ELÉTRICA: Carga está avançando e alta é de 3,7% para abril apareceu primeiro em 1 Bilhão Educação Financeira .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários