Sem saída para a guerra os mercados da Ásia ficam divididos
Redação 1Bilhão
Sem saída para a guerra os mercados da Ásia ficam divididos

As bolsas asiáticas fecharam sem direção única, com os investidores ainda preocupados com a pressão inflacionária global. A guerra entre a Rússia e a Ucrânia completou um mês e sem sinais de acordo.

Índices: o Hang Seng, bolsa de Hong Kong, ficou em queda de 2.47% aos 21.404. O Xangai, China, ficou em queda de 1,17% aos 3.212 e o Shenzhen Composite caiu 1,43% aos 2.113. O Nikkei 225, bolsa de Tóquio, ficou em alta de 0,14% aos 28.149. O Kospi, bolsa de Seul, ficou estável aos 2.729. O índice XJO, bolsa de Sidney, ficou em alta de 0,26% aos 7.406. O FTSE Straits, bolsa de Singapura, ficou em alta de 0,41% aos 3.413. O índice Sensex, bolsa de Mumbai, ficou em queda de 0,41% aos 57.3625.

O índice regional de ações, MSCI Asia Pacific, fora o Japão, caiu 0,30%.

As ações das empresas de tecnologia foram as mais castigadas. O Alibaba, queda de 5,88%, e Tencent, queda de 1,20%, ficaram com os piores resultados.

Fontes do governo americano afirmaram ser prematuro especular sobre possível acordo que permitiria manter as negociações de ações de empresas chinesas no mercado americano.

Leia Também

Os desdobramentos da guerra na Ucrânia e a presença do presidente Joe Biden na Europa também são monitorados.

Entre nos nossos grupos de WhatsApp e receba notícias do mercado em tempo real.

O post Sem saída para a guerra os mercados da Ásia ficam divididos apareceu primeiro em 1 Bilhão Educação Financeira .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários