Investimento que concentra ações chinesas sobe 20%
Felipe Moreno
Investimento que concentra ações chinesas sobe 20%

Como forma de diversificar o portfólio, o investidor muitas vezes pode utilizar dos fundos negociados em bolsa, os chamados ETFs, para conseguir comprar uma carteira de ações ou ativos concentrados de um setor, ou país. Ontem, um deles esteve em destaque na B3: o XINA11, que replica o índice MSCI China, que fechou com alta de 19,26%, para R$ 6,81.

Depois de dias difíceis com o cenário da Covid-19 no gigante asiático provocando novos lockdowns – a China fechou seu “Vale do Silício”, no primeiro lockdown que fecha uma cidade inteira desde Wuhan, em março de 2020 – e a perspectiva de desaceleração econômica, o país está caminhando para medidas de estímulo econômico, que podem apagar esse “amargo” que ficou com a perspectiva de desaceleração.

De acordo com a Reuters, o vice-primeiro-ministro da China, Liu He, vice-primeiro-ministro chinês, está pedindo pela implementação de políticas que sejam favoráveis ao mercado para poder apoiar a economia, e por mais cautela na introdução de medidas que prejudiquem. “Todas as políticas que têm impacto significativo nos mercados de capitais devem ser coordenadas com os departamentos de gestão financeira com antecedência para manter a estabilidade e a consistência das expectativas”, disse Liu.

Liu também disse que há negociações em andamento entre os reguladores chineses e americanos, e que elas tiveram andamento positivo. Se discute a situação de empresas chinesas listadas nas bolsas dos Estados Unidos – como, por exemplo, a Alibaba – e a criação de planos de cooperação específicos. Ao contrário do que se imaginava, o governo chinês deve continuar apoiando empresas do país que abrirem capital no exterior, afirmou Liu.

A ingerência governamental é um dos maiores medos dos ocidentais em relação à China, tradicionalmente mais intervencionista nas empresas que os países desenvolvidos da Europa e Estados Unidos, mas é assim que o país chegou no posto de segunda maior economia do mundo – e deve continuar sendo assim no futuro próximo, com seus efeitos positivos e negativos. Para se aproveitar do crescimento chinês, basta comprar XINA11 como se fosse uma ação qualquer – entrar no homebroker, digitar o código e apertar “compra”.

Leia Também

Para ficar de olho no seu dinheiro, entre nos nossos grupos de WhatsApp e receba notícias do mercado em tempo real , além de materiais, relatórios e outras informações que vão te ajudar a investir melhor e guardar mais dinheiro.

O post Investimento que concentra ações chinesas sobe 20% apareceu primeiro em 1 Bilhão Educação Financeira .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários