Independência Financeira: veja o que você precisa para se aposentar
Redação 1Bilhão
Independência Financeira: veja o que você precisa para se aposentar

Independência financeira é algo que todos queremos. Alguém ao seu lado já deve ter te perguntado “você largaria seu emprego se ganhasse na Mega Sena?” e se você não ama seu trabalho, provavelmente a resposta é sim. Mas você não precisa ganhar na loteria para se aposentar e viver de renda. O que você precisa é de um plano, uma jornada de vida que vai te levar até isso.

O objetivo aqui é conseguir guardar uma quantia 25 vezes maior que suas despesas anuais, o que vai te permitir chegar ao patamar necessário para ser “independente financeiramente”, sem precisar trabalhar para sobreviver, retirando apenas a renda (sem tocar no principal). A independência financeira é uma jornada extremamente individual, que só você pode determinar quanto tempo vai durar.

O que não te impede de continuar a receber nossos conteúdos, notícias, materiais através do WhatsApp, clicando aqui para entrar nos nossos grupos . E caso você acredite que esta matéria lhe ajudou de alguma forma e que possa contribuir para um amigo, um familiar, um subordinado, que seja, você só precisa apertar aqui para compartilhar através do WhatsApp também. Não demora nem 10 segundos e você pode mudar a vida da pessoa.

Quanto economizar por mês para alcançar independência financeira

Um dos pontos principais que você precisa acertar no início da sua jornada é o quanto você consegue economizar mensalmente. Você pode alcançar a independência financeira rapidamente, ou de maneira bastante devagar. Se você economizar 75% do que ganha, vai atingir isso em 7 anos. Se for 15%, é uma jornada de 40 anos de idade, o que é o normal para a maior parte das pessoas.

Economizando entre 40% e 50%, você deve demorar cerca de 15 a 20 anos para conseguir alcançar a independência financeira. É uma meta bastante agressiva, mas a depender das suas despesas e da sua renda, é atingível. Não existe nenhuma vergonha de não conseguir atingir esse número também, cada história é diferente!

Guardar 25 vezes a despesa anual

E de onde o número de 25 vezes suas despesas veio? Não é um número tirado do nada. Ele deriva de um estudo conduzido na Universidade de Trinity, por três professores, que chegou à conclusão que um aposentado pode retirar 4% de sua carteira de investimentos por ano para conseguir viver por 30 anos sem ter problemas financeiros – e por isso, 25 vezes a despesa anual. O estudo estudou tanto a população quanto a economia americana no período de 1925 até 1995, chegando a conclusão de que é 95% seguro executar esse tipo de estratégia.

Aqui no Brasil, fica ainda mais fácil. Utilizando títulos indexados à inflação, como os do Tesouro, você consegue uma remuneração real acima de 4% por ano. Só que nada garante que o cenário atual seja igual o cenário do momento da sua aposentadoria – e se os títulos estiverem pagando a inflação e um ganho real de 1% daqui 40 anos? Ninguém tem como saber como vai ser.

Dentro do estudo da universidade de Trinity, a ideia é manter uma média de retornos de 7-8% ao ano, o que deve permitir que você tire 3-4% do total anualmente, sem tocar no principal. Por conta da inflação elevada, os números aqui no Brasil estão em outra categoria – o que conta é o seu ganho real, aquilo que supera a inflação. E conseguir tirar 4% como ganho real lhe permite viver a aposentadoria sem ter que se preocupar em colocar mais dinheiro.

O importante saber é que nada disso está escrito na pedra, é apenas um guia para você ter uma meta objetiva. Mas atenção: esse cálculo é feito sobre as suas despesas, não sobre sua renda. Se você vive uma vida de austeridade para se aposentar mais cedo do que a média e planeja “aproveitar” depois, viajando, por exemplo, você precisa calcular sobre essa estimativa de gasto.

Se suas despesas são de R$ 300.000 por ano, você vai precisar de R$ 7,5 milhões para manter esse padrão de vida sem problemas. Mas se você gasta apenas R$ 80.000 por ano, o número passa a ser só de R$ 2 milhões. De qualquer forma, para cada R$ 100 que você gastar, precisará de R$ 25.000 guardados.

Como investir para atingir a sua independência financeira

Muita gente realiza planejamento para atingir a independência financeira mais cedo. E boa parte desse planejamento é devotado para duas coisas: aumentar as suas receitas e reduzir as despesas, de maneira criativa. Quanto mais você economizar, melhor – cada real não gasto é um real que você pode investir e ficar mais próximo da sua meta.

Cada real guardado precisa ir para uma conta separada, que você não vai nem ver no dia a dia, para não acabar usando. Recomendamos que você abra uma conta na modalmais para isso – é uma plataforma completa de investimentos, que você terá acesso a todos os produtos financeiros necessários para alcançar a independência financeira – e assessoria exclusiva para te ajudar a montar a carteira ideal para este objetivo seguindo o seu perfil.

Utilize melhor o que você tem

Uma das formas mais comuns de reduzir as suas despesas é usar melhor o que você já tem. Com moradia, por exemplo, que provavelmente é uma das maiores fontes de gastos que uma pessoa média deve ter. Se você mora de aluguel em um apartamento de 3 quartos, paga R$ 2.000 por isso, e só utiliza 1, você pode encontrar duas outras pessoas para dividirem o apartamento contigo e rachar as contas (ou você pode cobrar R$ 1.000 de cada um e zerar sua despesa com aluguel).

Leia Também

É um incômodo ter outra pessoa morando no mesmo teto, mas certamente um dos jeitos mais efetivos de economizar dinheiro. Nem todo mundo pode seguir esta dica, mas se for o seu caso, essa falta de privacidade pode ser a diferença entre a independência financeira aos 50 ou aos 70.

Viaje, mas viaje gastando menos

Não adianta viver também uma vida sem nenhum conforto material, mas você pode ser inteligente com os seus gastos. Você pode, por exemplo, utilizar de pacotes promocionais em sites como HURB (que lhe dá a chance de viajar para um destino por um valor muito menor, se você tiver flexibilidade de datas) ou maximizar o uso de milhas, transferindo-as nas datas promocionais e usando as barganhas que as companhias áreas às vezes possuem.

Leia Também

Se você racionalizar esse gasto, pode ser que você acabe viajando muito mais do que antes, por muito menos.

Sem dívida

É normal você ter uma dívida, a maioria tem. Mas garanta que seja uma dívida que te ajude a construir um patrimônio, como um financiamento imobiliário, e não o crédito rotativo do cartão de crédito, ou parcelas atrasadas de algo que você comprou. Quanto mais cedo você eliminar as dívidas, mais cedo você começa a sua jornada para a independência financeira. Se precisar, não tenha medo de ir até um saldão e renegociar, muitas vezes você consegue descontos de até 90% na sua dívida.

Reveja suas contas e adote novos hábitos

Uma dica óbvia para você diminuir os gastos e ter mais dinheiro para investir é cortar aquilo que você não usa. A maior parte das pessoas assiste pouca TV à cabo, gasta um dinheirão com isso, e acaba utilizando apenas Netflix, Prime Video, Disney+ e outros serviços de streaming. Cortar a TV à cabo talvez seja o melhor a se fazer, além de dividir as suas contas nestes serviços com os seus amigos.

Também é uma boa ideia dar uma checada se você está usando todo o plano do seu celular, ou pagando por muito mais internet do que deveria, por exemplo. As contas são uma fonte muito grande de gastos e precisam ser revistas com regularidade, de maneira que você sempre estará consciente do que está pagando e pensando se aquilo faz sentido mesmo.

Evite comer fora de casa, já que cozinhar é muito mais barato. Quanto mais refeições você puder cozinhar você mesmo (levar marmita para o trabalho!), mais você pode economizar e mais você pode investir. Alguns hábitos que você pode incluir no seu dia também vão ter o benefício de utilizar menos água e energia elétrica, o que também vai te ajudar a reduzir as suas contas.

Despesas com carro também são elevadas e precisam ser revistas de tempos em tempos: compensa ter e usar um carro ou você só tem utilizado Uber e 99 para realizar seus deslocamentos? Você consegue utilizar transporte público ou é um problema para você? São gastos a serem repensados.

Tenha outra fonte de renda

Uma coisa que pode te ajudar a chegar na sua independência financeira é aumentar seus ganhos – obtendo uma outra fonte de renda. Se você trabalha em uma área que consegue fazer trabalho freelance, essa é uma excelente forma de você aumentar os ganhos e atingir os seus objetivos. Ou você pode ter um pequeno negócio (tem gente que vende doce em colégio, e, querendo ou não, é dinheiro) ou buscar uma renda passiva (como, por exemplo, direitos autorais em algo que você produziu).

Se você vive somente do seu salário, pode canalizar toda essa renda extra para seu objetivo de alcançar a independência financeira. Se você receber 1/3 do seu salário em algo assim, é um belo incremento que vai te poupar anos e décadas para atingir sua meta. E se for uma renda perpétua de dinheiro (como um aluguel de imóvel), também vai te ajudar a diminuir a quantia necessária para chegar ao número de 25 vezes os seus gastos.

Independência financeira: qual a conclusão?

A independência financeira é um assunto riquíssimo, com diversas formas diferentes de você chegar lá, mas o importante é ter foco e ter um planejamento claro. Cada pessoa tem necessidades e possibilidades diferentes, então é normal que algumas das dicas aqui não se apliquem para você, ou que você não queira implementá-las.

O importante é você ter uma noção clara dessas possibilidades e poupar o máximo que você conseguir. No início do texto citamos uma pergunta clássica: “você largaria o seu emprego se ganhasse na Mega Sena?”. Se a resposta é sim, talvez não seja a Mega Sena que deva ser o seu objetivo – já que a chance de você ganhar, francamente, é muito baixa.

Talvez o que você precise fazer é um plano para atingir a independência financeira e buscar os investimentos corretos para cada fase da sua vida (a modalmais vai te ajudar!) para que pouco a pouco você possa dizer que trabalha porque quer e não porque precisa. Mas só o esforço vai te fazer chegar lá, boa sorte!

AJUDE ALGUÉM QUE VOCÊ CONHECE, ENVIE ESSA MATÉRIA POR WHATSAPP CLICANDO AQUI .

O post Independência Financeira: veja o que você precisa para se aposentar apareceu primeiro em 1 Bilhão Educação Financeira .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários