Petrobras e (nova) Odebretch vão vender 155 milhões de ações da Braskem
Felipe Moreno
Petrobras e (nova) Odebretch vão vender 155 milhões de ações da Braskem

Sócias, a Petrobras (PETR3; PETR4) e a NSP Investimentos, a nova holding da Novonor, antigamente conhecida como Odebretch, vão vender 154,9 milhões de ações preferenciais da Braskem (BRKM5).

Essa operação deve totalizar cerca de R$ 8 bilhões, seguindo o fechamento de mercado da última semana. Contudo, o preço ainda deve ser estabelecido mais para frente na oferta. É interessante a movimentação de fortalecer o caixa da Petrobras em ano eleitoral: a empresa deverá ser um dos assuntos principais das eleições.

Leia Também

Desse total, 75,7 milhões de ações vão sair da participação da Petrobras e 79,2 milhões da antiga Odebretch – quase totalizando a participação de ambas companhias nas preferenciais da Braskem. Ambas as empresas vão manter o controle da companhia, sem vender as ações ordinárias. Hoje a antiga Odebretch tem 50,11% das ordinárias da Braskem, enquanto a Petrobras tem 47,03%.

O pedido ainda está sob análise da CVM e deverá ser realizado simultaneamente tanto no Brasil quanto na bolsa de Nova York, onde a Braskem opera por meio de ADRs, os equivalentes americanos dos BDRs. A NSP Investimentos continua em recuperação judicial – e o mercado entende que a oferta acontecer nessa circunstância é uma sinalização positiva.

Leia Também

Grandes acontecimentos como esses são fonte de movimentação do mercado – e é importante que você esteja a par deles se for investidor em alguma dessas empresas. Você pode se cadastrar em nossos grupos de WhatsApp para receber diversas notícias, análises e conteúdos que vão te ajudar a entender melhor o andamento da bolsa e de outros investimentos. Para você se cadastrar, basta clicar neste link aqui .

O texto original é de 1Bilhão , parceiro do iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários