Como investir no exterior sem ter uma conta internacional?

Diante da instabilidade econômica e um cenário de incertezas no Brasil, os investidores levam ainda mais em consideração os investimentos no exterior. Entre eles, uma alternativa bastante utilizada são os BDRs (Brazilian Depositary Receipt).

Em suma, os BDRs possibilitam que empresas estrangeiras captem dinheiro no Brasil, e que os brasileiros tenham acesso às ações de grandes companhias. Bem como, Tesla, Apple, Microsoft, entre outras.

No entanto, existem investidores que ainda não sabem o que é necessário para acessar as bolsas internacionais, se é preciso ter uma conta no exterior, entre outras dúvidas comuns.

Leia Também

Sabendo disso, Ale Boiani, CEO e gestora do escritório de investimentos e planejamento financeiro 360iGroup, que atua na área há mais de 20 anos, resolveu desmistificar o tema ‘acesso à investimentos fora do Brasil’.

Diversificar os ativos em diferentes países é sempre uma ótima alternativa para a carteira. Nos Estados Unidos e Europa, por exemplo, mais de 30% dos investimentos se encontram no mercado externo.

No entanto, Brasil e Portugal são os dois países que menos investem fora de seu território, algo que indica uma herança cultural.

Saiba mais em 1Bilhão , parceiro do iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários