No terceiro trimestre deste ano, a Oi (OIBR3 OIBR4) registrou um prejuízo líquido atribuído aos acionistas controladores de R$ 4,813 bilhões. Com isso, a empresa de telecomunicações, que se encontra em estado de recuperação judicial , teve recuo de 82,4% em comparação com o ano passado.

O resultado acabou surpreendendo o mercado. Afinal, a companhia tinha apresentando um lucro de R$ 1,139 bilhão no trimestre anterior .

Mas, porque a empresa teve resultados tão negativos? Descubra a seguir:

Leia Também

Resultados da Oi no 3º trimestre

Além de ter apresentando um lucro negativo, a Oi mostrou outros números alarmantes no trimestre.

O Ebitda, que representa os lucros antes dos impostos, juros e taxações, ficou em R$ 1,398 bilhão, recuando 5,86% em um ano. Contudo, em comparação com o 2° trimestre do ano, houve um aumento de apenas R$ 114 milhões.

Leia Também

Além disso, a receita líquida da empresa foi de R$ 4,520 bilhões, tendo um saldo – 3,9% em relação a 2020. No total, o mercado brasileiro rendeu R$ 4,464 bilhões, também tendo uma queda de quase 4%.

Saiba mais em 1Bilhão , parceiro do iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários